Advertisements
Anúncios

Corinthians oferece Fazendinha para especulação imobiliária

Circula no mercado imobiliário que o Corinthians, por intermédio do diretor de marketing, Luis Paulo Rosenberg, estaria oferecendo parte do terreno do Parque São Jorge (à esquerda da entrada principal, englobando ginásio pequeno e o campo da Fazendinha) para construtoras e incorporadores.

O objetivo seria derrubar tudo e construir um grande condomínio de prédios.

Em regra, esse tipo de negócio costuma premiar o negociador (ou negociadores) com as melhores unidades do empreendimento (á título de comissão).

A movimentação, se despertar interesse do mercado, será dificultada por conta das restrições impostas ao imóvel, utilizado como garantia ao pagamento das pendências do estádio de Itaquera, a não ser que o negócio seja fechado diretamente com a Odebrecht, a quem o clube, segundo documentos protocolados na CVM, deve pouco mais de R$ 300 milhões pela construção, além doutros R$ 300 milhões (ao fundo dominado pela construtora).

Seria a famosa negociação das dívidas da Arena a que Rosenberg se refere, sem nunca especificar detalhes, à imprensa e aos conselheiros alvinegros ?

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: