Fernando Meligeni define São Paulo vs. Corinthians

“São Paulo e Corinthians é igual eu contra o por mais que eu jogasse bem ou merecesse eu perdia sempre”

“Se eu batesse cruzado o Guga pegava, se eu batesse a bola na Antártida ele pegava.”

“Tem adversário que é melhor não pegar pela frente”

(FERNANDO MELIGENI em seu Twitter)

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas para Fernando Meligeni define São Paulo vs. Corinthians

  1. O time do Corinthians é melhor do que o do São Paulo, assim como o Guga era melhor que o Meligeni, ponto.

  2. Eu penso de outra forma: falta honestidade aos cartolas do SP.
    Não tem essa de fator psicológico. Se assim fosse, então o Corinthians tem trauma com o Palmeiras. Basta vermos a quantidade de eliminações já sofridas. Libertadores.

    Vou fazer uma analogia meia boca: os cartolas do SPFC parecem os tucanos que governam SP há anos. O estado é o mais rico da federação, rico para meia dúzia de pessoas. Assim é o SPFC, o clube é gerido para atender a cúpula da cartolagem que está milionária à custa do clube.

    O objetivo no SPFC não é ganhar títulos, mas comprar, vender, negociar, etc e tal. Cartola quer dinheiro, vende um atleta, assina um contrato aqui e ali, pronto! Está com $ no bolso.

    O Corinthians tem pessoas que objetivam futebol, enquanto no SPFC, não. Os políticos para levarem o $eu, não se vendem?
    Eu acredito, não nessa semi final, mas os cartolas do SPFC já venderam partidas para o adversário. Basta lembrarmos de 2007. Gol de Betão. Quem assistiu àquele jogo viu, sem dúvida nenhuma, que o SPFC entrou para entregar o jogo.

    Depois o M. Aurélio ainda quis fazer gracinha.
    Se a cúpula da Fifa, Comebol, Cbf, se vendiam, por qual motivo eu tenho que acreditar que os cartolas do SPFC, loucos por dinheiro que são, não negociariam resultados? Lembremos do período em que Portugal Gouvêa era presidente, o SPFC ficou uns 4 anos sem perder para seu adversário. Inclusive impôs um 5 a 1 em pleno Pacaembu.

    Assim resumo a “atual origem do SPFC”: o problema não é o trauma, é a falta de honestidade mesmo.

  3. Parabéns ao Curincha e à arbitragem.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.