Advertisements

“Obsessivos” do Corinthians, que avalizaram estádio de Itaquera, “levaram” finanças e jurídico da Odebrecht

O Blog do Paulinho revelou, tempos atrás, que o contador Raul Corrêa da Silva, por intermédio de sua BDO/RCS, conseguiu volumosos contratos para auditar as contas de empresas ligadas à Odebrecht.

Mas não foi apenas ele, entre os famosos “Corinthianos Obsessivos”, agora “Corinthians Grande”, que se tornou parceiro da construtora.

Há pelo menos dois anos, o Dr. Sérgio Alvarenga, homem de confiança e principal defensor do deputado federal Andres Sanches (a ponto de expor-se em delegacias de polícia para livrá-lo de problemas constrangedores), advoga para a Odebrecht e também a seus coligados, muitos enrolados, assim como o parlamentar, na “Operação Lava-Jato” da Polícia Federal.

A ligação comercial, em ambos os casos, é bem suspeita.

Raul Corrêa da Silva, então diretor financeiro do Corinthians, é a assinatura mais presente nos contratos firmados entre o clube e a construtora, assim como o Dr. Sergio Alvernga, direta e indiretamente, deu aval jurídico à operação.


Em 2016, Alvarenga defende Marcelo Odebrecht e diretores da Odebrecht no STJ:

Alvarenga defende Roberto Teixeira, compadre de Lula, acusado na ação do “Sítio de Atibaia”

Compadre de Lula quer ser excluído de ação sobre o sítio de Atibaia

roberto-teixiera-1_INIC1-18

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: