Andres Sanches dissimula sobre estatuto do Corinthians em conversa com associado

Ontem (07), por volta das 11h30, leitor do blog, associado do Corinthians, interpelou o ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, pelo whatsapp, iniciando conversa sobre as próximas eleições alvinegras.

Em meio ao bate-papo, o sócio alvinegro questionou:

“mudaram o estatuto? Não sabia disso”

Sanches, dissimulado, respondeu:

“É um rolo danado, mas muita gente está entrando na Justiça pra poder votar com mais de dois anos”

O estatuto do Corinthians permite apenas que associados com mais de cinco anos de mensalidades quitadas possam votar e ser votados no Parque São Jorge, razão pela qual o deputado tocou no assunto de suposta briga, de terceiros, para diminuir o prazo para dois anos.

Em verdade, somente uma pessoa ingressou com ação objetivando esta alteração estatutária: o advogado João de Oliveira, funcionário de Andres Sanches no gabinete parlamentar, certamente com conhecimento e, principalmente, consentimento, de quem lhe provê o sustento.

ghg

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

One Reply to “Andres Sanches dissimula sobre estatuto do Corinthians em conversa com associado”

  1. como vc mesmo disse o estatuto passoou pelo crivo de advogados e desembargadores.deixaram passar isso pra criar essa casa de caboclo e tumultuar a eleicao. se sao 5 anos sao 5 anos e nao tem discussao. mas pra um clube que um mafioso feirante da vila dos remedios manda e desmanda é normal. hoje vi no site essa noticia https://www.corinthians.com.br/noticias/ver/64616#.WgMETVtSzIV
    li na internet que esse diretor que saiu só caiu porque faz parte de outro grupo politico. depois fui ver que grupo politico ele é o sujeito é da mesma quadrilhinha de fernando alba da base, fausto do futebol de salao, bussab dos rolos dos cadastros de socio e tantos outros que sao da corja do espanhol mafioso. é cobra comendo cobra. e esse novo diretor voce sabe quem se trata ????

    Paulinho: da corja do ANdré Negão…

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.