Anúncios

O áudio de Andres Sanches que pode complicar a vida do chefe da Inteligência da Argentina

“(…) sempre quem representou todos os jogadores do Corinthians foi o Kia…”


Ontem, o conceituado jornal “Página 12”, da Argentina, publicou entrevista realizada pelo jornalista Gustavo Veiga, por telefone, com o deputado federal Andres Sanches (PT), ex-presidente do Corinthians, a cerca de duas semanas, no exato momento em que o parlamentar estava, com seu vice, André Negão, em festa de casamento da família do jogador Willian, em São Paulo.

A intenção era falar sobre os procedimentos do chefe da inteligência argentina, Gustavo Arribas, enquanto empresários de jogadores atuante no mercado brasileiro.

https://blogdopaulinho.com.br/2017/07/03/andres-sanches-confirma-encontros-com-gustavo-arribas-que-recebeu-propina-da-odebrecht-em-entrevista-a-jornal-argentino/

O assunto, porém, rendeu mais do que o esperado.

Ao ser questionado sobre as investigações da “Lava-Jato” sobre pagamentos de propina da Odebrecht, Sanches, que é acusado, assim como Arribas, de receber propina da construtora, foi evasivo:

“O, meu amigo, não adianta você perguntar pra mim… todo mundo sabe…”

Sobre a ligação comercial do argentino com Kia Jorabchian, o deputado tentou esconder, mas acabou entregando, sem querer, a promiscuidade de sua gestão com o iraniano:

“Eu nunca soube que eram sócios… eu sei que eram amigos… mas sempre quem representou todos os jogadores do Corinthians foi o Kia…”

Depois, acuado, Andres negou conversas com Arribas enquanto presidente do Corinthians (para desmentir-se, minutos depois), quase recomendando-o como empresário de jogadores, entregando ainda que fazia negócios com o Vasco da Gama, à época, já quintal de Carlos Leite, com anuência do então presidente, Roberto Dinamite:

“Eu fui presidente cinco anos no Corinthians e nunca negociei com Gustavo Arribas… claro que sempre tratei ele bem, nunca soube de nenhum problema dele aqui no Brasil… toda equipe brasileira que ele fez negócio, nunca vi ninguém reclamando… ele fez muito negócio no Vasco da Gama…”

Sanches disse saber que Arribas era chefe da inteligência argentina:

“Eu sei…. quando o Macri ganhou colocou ele… são muito amigos…”

E caiu em contradição, ao ser novamente questionado sobre seu relacionamento com Arribas, dizendo que falou com ele durante sua gestão na presidência do Corinthians, mas dizendo que após isso nunca mais conversou com o argentino:

“Aqui, quando ele morava no Brasil, sim… depois que ele foi para Argentina nunca mais falei com ele… (ultima vez que falou com Arribas) faz uns quatro anos atrás… mais de quatro anos… eu era presidente ainda, foi em 2010…”

“Eu volto a repetir…. todas as vezes que eu falei com o Gustavo nunca tive problemas… e todos os clubes que ele fez negócios aqui, nunca vi ninguém reclamar dele”

Entre o “vai e vem” do raciocínio de Andres Sanches, este não se atentou de que Arribas, na Argentina, tem negado as incursões reveladas pelo ex-presidente do Corinthians nas negociatas de atletas no Brasil.

Ou seja, o parlamentar brasileiro, sem querer, desmentiu o amigo em matéria de repercussão nacional.

Gustavo Arribas, acuado após ter sido delatado por executivo da Odebrecht, que garante ter-lhe pagado propina, se vê agora envolto em fogo amigo, que deverá dificultar ainda mais sua permanência no importante cargo que mantém no Governo da Argentina.

Ouça abaixo os trechos de áudio da conversa de Andres Sanches com o jornalista Gustavo Veiga, do “Página 12” da Argentina:

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: