Advertisements
Anúncios

Com humildade, Sergio Moro revê decisão que afrontava liberdade de imprensa

“Considerando o valor da imprensa livre em uma democracia, e não sendo a intenção deste julgador ou das demais autoridades envolvidas na investigação colocar em risco essa liberdade e o sigilo de fonte, é o caso de rever o posicionamento anterior e melhor delimitar o objeto do processo”.

O juíz Sérgio Moro, com o despacho acima, decidiu rever posicionamento anterior, com o qual, de maneira arbitrária, ordenou a condução coercitiva do blogueiro Eduardo Guimarães para que este revelasse, em desconformidade com a Constituição, as fontes de suas informações.

Demonstração de humildade, rara entre magistrados.

Assim como foi criticado pelo lamentável equívoco, Moro merece agora o reconhecimento de seu acertado gesto.

Tomara sirva de lição aos membros do judiciário (e são muitos), que tratam o trabalho jornalístico como em tempos de exceção e também aos deploráveis que passaram horas comemorando o que agora o próprio Sérgio Moro tratou como excessivo.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: