Financeiro do Corinthians escancara, em documento oficial, “maquiagem” de antecessor em balanço alvinegro

piovesan-e-raul

Em resposta oficial, encaminhada ao presidente do Conselho Deliberativo no último dia 02 de fevereiro, o diretor financeiro Emerson Piovesan escancarou os desvios de conduta de seu antecessor, Raul Corrêa da Silva, no que tange à “maquiagem” no balanço alvinegro.

Apesar de, para não sofrer processo, Piovesan ter tratado, em seu texto, o comportamento de Corrêa como “equívocos”, nos bastidores, todos sabem, o termo utilizado pelo próprio com seus pares remete a “falcatruas”.

Em resumo, tratando especificamente do balanço de 2014 (como exemplo) – os outros, anteriores e posteriores segue a mesma linha – o documento indicou superavit de R$ 230.561.000,00, quando, em verdade, deveria ter demonstrado deficit de R$ 97.015.000,00.

O “erro”, a maquiagem ou rombo atinge R$ 327.576.000,00.

CONFIRA ABAIXO ÍNTEGRA DA RESPOSTA ENVIADA AO CD DO CORINTHIANS PELO DIRETOR FINANCEIRO EMERSON PIOVESAN

piovesan-cd-1 piovesan-cd-2

 

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

One Reply to “Financeiro do Corinthians escancara, em documento oficial, “maquiagem” de antecessor em balanço alvinegro”

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.