Flávio Adauto contra-ataca: “negociação (do Corinthians com Drogba) foi excessivamente amadora”

flavio-adauto

O diretor de futebol do Corinthians, Flavio Adauto, após semanas sendo humilhado, principalmente como o início das tratativas, que não deram ceto, do Corinthians para a contratação do marfinense Drogba, sendo tocadas por um agente de jogadores (André Campoy – preposto de Andres Sanches) e um ex-dirigente, demissionário do marketing, desabafou:

“Lá atrás eu dizia que ele não viria e eu tinha uma convicção que foi confirmada. Depois de quase 20 dias de conversas, de informações desencontradas, acabou assim. Torci contra? De jeito nenhum. Gostaria até que ele viesse. Mas, para que o jogador venha, tem que ter os pés no chão, ser profissional, e o início da negociação foi excessivamente amadora”

Vale lembrar que, em sequencia, o presidente alvinegro, Roberto “da Nova” Andrade, mesmo negando a ingerência de terceiros, assinou documento autorizando Franck Assunção – empresário apelidado “Dick Vigarista”, a dar sequência ao negócio.

Adauto, que em momento algum sequer palpitou sobre a transação, agora, discretamente, regozija-se.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.