Não dá para comparar a competência do Flamengo com a submissão do Palmeiras

flamengo-e-palmeiras

Tem-se discutido muito nas mídias sociais de que Flamengo e Palmeiras seriam, atualmente, os clubes brasileiros com a vida financeira mais estabilizada, fruto de gestões recentes de bons presidentes.

Não dá para comparar.

As situações e os procedimentos são absolutamente distintos.

Enquanto o Flamengo, apesar de ainda não ter se acertado na gestão do futebol, equacionou os problemas financeiros do clube com extrema capacidade diretiva, à custa de sacrifícios esportivos, o Palmeiras vive um sonho de uma noite de verão, que pode acabar, repentinamente, na primeira TPM de seus mecenas.

Além disso, o clube paulista, que deve mais do que arrecada a seu ex-presidente, para receber o dinheiro de seus principais patrocinadores obriga-se a cometer deslizes contra o próprio clube, sem contar as inúmeras sessões de ajoelhamentos perante seus mantenedores.

Em resumo: se o Flamengo romper com presidente e patrocinadores, coloca outros no lugar e segue sobrevivendo; no caso do Palmeiras, não se salvam nem as privadas da Arena Palestra (que divide com a WTORRE por 30 longos anos).

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.