Anúncios

Esquema de Roberto Cavalo teria embolsado R$ 130 mil de empresário para esquentar jogador no Criciuma

Cavalinho e Roberto Cavalo

Cavalinho e Roberto Cavalo

Em abril, o treinador Roberto Fernando Schneiger, vulgo Roberto Cavalo, ex-jogador de relativo sucesso, que agora comanda o Criciuma, por intermédio de seu auxiliar técnico e irmão, Robelios José Schneiger, vulgo “Cavalinho”, teria recebido  R$ 130 mil do empresário Antonio Marcos Tobias (que pegou os valores doutro agente, o mexicano Tito Olivos) para “esquentar” o currículo do atleta Daniel Bacan (23), que após disputar apenas uma partida pelo clube, na série B, seria transferido para o Tigres/MEX.

Destes, R$ 80 mil teriam sido pagos, em dinheiro, no Hotel Ibis de Criciuma (imagens de câmeras de segurança confirmam o encontro), com os outros R$ 50 mil depositados da seguinte maneira:

  • Em 15 de abril, R$ 34 mil na conta pessoal de “Cavalinho”;
  • Na mesma data, R$ 16 mil na conta da GP CAR – Comércio de Automóveis Ltda, localizada à Rua Pedro Rodrigues Lopes, 273, bairro: Comerciários, que serviram de entrada (junto com uma TR4) para a compra de uma Land Rover preta 2008

Ocorre que, após supostamente embolsarem o dinheiro, Cavalo e Cavalinho deram um “coice” no empresário, descumpriram o acordo (não escalaram Daniel Bacan) e recusaram-se, ainda, segundo fontes, a devolver a quantia.

Informações iniciais dão conta de que a diretoria do Criciuma não sabia do esquema e teria sido informada, apenas, que representantes do Tigres viriam ao Brasil para observar o jogador.

Para abafar o caso, meses atrás, “Cavalinho” se desligou do clube, alegando “problemas pessoais”.

Permanece, porém, Roberto “Cavalo”.

Bacan iniciou a carreira nas categorias de base do São Paulo (2006-2008), depois passou por diversas equipes (algumas somente no papel): Paraná (2009-2010), Cotia (2011), Grêmio Barueri (2012), Naval-POR (2013), Portuguesa (2014), Cotia (2015), Criciuma (2016), Malveira-POR (2016).

Em 2015, o agente Antonio Marcos Tobias utilizou-se do mal site “Futebol Interior”, investigado por extorsão (cobrar propina para não falar mal de jogadores, treinadores, dirigentes, etc) para publicar matéria “positiva” de seu atleta:

http://www.futebolinterior.com.br/futebol/Cotia-SP/noticias/2015-12/Daniel-Bacan-se-recupera-de-lesao-e-esta-de-volta-ao-mercado

Os proprietários do portal são: Arthur Eugênio Mathias, Elcio Paiola e Edgard Soares.

Ouça, abaixo, o jogador Daniel Bacan pedindo para deixar o Criciuma, tão nervoso que chega a torcer pelo rebaixamento da equipe e o empresário mexicano Tito Olivos cobrando “Cavalinho” sobre a devolução do dinheiro:

Depósito de R$ 34 mil na conta de “Cavalinho”, irmão do treinador Roberto “Cavalo”

cavalinho-34-mil

Depósito na conta da GP CAR Veículos

gp-car-16-mil

Carta de intenções do Tigres/MEX:

tigres

Anúncios

2 Respostas to “Esquema de Roberto Cavalo teria embolsado R$ 130 mil de empresário para esquentar jogador no Criciuma”

  1. Criciuma demite Roberto Cavalo após denúncia do Blog do Paulinho. Jogador se arrepende | Blog do Paulinho Says:

    […] Esquema de Roberto Cavalo embolsou R$ 130 mil de empresário para esquentar jogador no Criciuma […]

  2. Blog do Paulinho vence Roberto Cavalo na Justiça | Blog do Paulinho Says:

    […] motivação do procedimento se deu por conta da publicação da matéria “Esquema de Roberto Cavalo teria embolsado R$ 130 mil de empresário para esquentar jogador no Crici…“, que resultou na demissão sumária do […]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: