Justiça concede liminar a Rafael Ilha em ação contra o São Paulo

rafael ilha

Desde junho de 2013, o ex-polegar Rafael Ilha, por intermédio de ação judicial, tenta obrigar o São Paulo a expor documentos de suposta sindicância que, em resultado, indeferiu seu pedido de associação ao clube.

Após negativa inicial, o “cantor” recorreu e, no último dia 11, conseguiu o objetivo, em decisão liminar.

A juíza Paula Regina Schempf Cattan reconheceu a transferência de Titulo da Sra. Sylvia de Melo Vieira para Ilha, obrigando o clube a justificar, diante do quadro, a negativa de aceitá-lo como sócio.

O São Paulo terá trinta dias para fazê-lo sob pena de inscrição imediata de Rafael no quadro associativo Tricolor.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.