Operação Lava-Jato desata mais um nó na investigação do estádio em Itaquera

andres, lula e alexandrino alencar

Desde ontem, a Operação Lava-Jato passou a entender melhor a relação entre as empresas Odebrecht e BRL Trust, que operam o negócio do estádio em Itaquera.

Na sede do MPF, foi colhido depoimento de importante testemunha, que levou consigo centenas de documentos, que detalham bem as negociações.

As orelhas do ex-presidente Lula e do parlamentar Andres Sanches devem estar vermelhas.

O material deverá ser enviado, ainda hoje, para Curitiba, servindo de base para esmiuçar ainda mais o provável acordo de delação premiada de Marcelo Odebrecht e seus diretores, principalmente Alexandrino Alencar, que operava pela construtora no negócio.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.