Áudio comprova Cidinha Campos (PDT) negociando campanha de difamação contra Marcelo Freixo

cidinha-campos

Na última semana, o candidato a Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSOL), foi vítima de pesada campanha de difamação pela internet, muito provavelmente bancada pelo imundo dinheiro de tomadores de dízimos dos incautos.

Uma das intermediárias pode ter sido desmascarada.

Confira abaixo áudio da ex-candidata a vice-prefeita, derrotada nas urnas, Cidinha Campos, negociando com marginal dossiê sobre a vida de inimigos políticos.

Em determinado momento, ao ser informada de que o material custaria R$ 1,5 milhão, ela diz: “só se for do Freixo”.

Fala ainda que tentará “vender” (nesses termos) o dossiê ao Governador.

A gravação é de antes do início da campanha politica, mas demonstra bem como as coisas funcionam no submundo da política nacional, além de indicar motivadores claros para o discurso raivoso de Cidinha, na internet, contra Freixo, desqualificando outras falas da mesma fonte, em diversos plenários, sempre se postando “contra a corrupção, que, pelo que se observa, parece ser prática de quem dizia combatê-la.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

6 Replies to “Áudio comprova Cidinha Campos (PDT) negociando campanha de difamação contra Marcelo Freixo”

  1. Ele não precisa ser difamado. Suas fotos com líderes pesados do CV como Tuchinha da Mangueira, que matou o próprio irmão quando saiu da cadeia, já dá muito bem o seu currículo e quem ele representa.
    Financeiro de baderneiros como black bloks e Sininho, tem naos mãos a morte do cinegrafista da Band, cujos assassinos ele defende com unhas e dentes.
    FREIXO E CV, TUDO A VER!

  2. Também não entendi essa de “campanha de difamação”.
    É só colocar as coisas que ele defende e faz.
    A verdade, pública inclusive, de propostas, decisões tomadas, discursos, não é difamação.
    Inventar coisas contra esse sujeito, além de desnecessário é crime e burrice.

  3. Ainda bem que toda unanimidade é coisa de burro. Muita gente concorda com algumas propostas do Freixo. Pode ser que nem todas, mais a maioria. De qualquer forma, as mais ”pesadas” não dependem de ação do prefeito pois é matéria constitucional e devem como tal serem discutidas no Congresso. Mesmo por aquele bando de golpistas e traidores. Isso é uma coisa, outra bem diferente é querer ganhar eleição no susto ao eleitor. Coisa de bandido, que é o que mais temos no nosso meio.
    Pior: mais de 81% nem sabe do que se trata. Triste sociedade.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.