Portuguesa: é preciso um lote de algemas

lusa

Da JOVEM PAN

Por WANDERLEY NOGUEIRA

Está marcado o leilão de parte do terreno onde fica a Portuguesa de Desportos.

Preço mínino: 154 milhões. O dinheiro , se entrar,será usado para saldar dívidas, muitas dívidas.

No campo, o futebol da Lusa é lastimável.

A dramática situação do clube se arrasta há muitos anos.

As péssimas gestões com disputas políticas internas foram cavando profundamente o buraco.

Quem conhece a Portuguesa afirma que qualquer auditoria séria provocaria a utilização de um lote de algemas.

E diante de uma situação considerada irreversível, surgiram apelos e idéias para tentar salvar um clube quase centenário.

Nada contra os bem intencionados.

Mas, é preciso ser realista.

Pedir para o publico fazer uma “vaquinha” não vai funcionar.

Quem daria um tostão sabendo que o risco dele sumir é enorme ?

Sugeriram uma ajuda por parte dos grandes de São Paulo.

Outra possibilidade remotíssima .

Pelas últimas informações os maiores times de São Paulo tem tudo para serem ricos, só falta dinheiro.

Emprestar jogadores que não são utilizados e pagar os salários.

As finanças de Santos, São Paulo , Corinthians e Palmeiras não permitem algumas generosidades.

Não é exagero dizer que na Vila, no Morumbi, em Itaquera e na Água Branca ,cada dia que passa, sobra mais mês no fim do dinheiro.

A queda para a Série D, última divisão do futebol brasileiro está cada dia mais próxima.

Telefonei para um dirigente de clube importante perguntando se o seu clube poderia ajudar a Portuguesa. Ele respondeu: ” Eu lamento muito. Meu pai era portugues. Hoje acho que nenhum clube pode ajudar muito a Lusa que está muito pobre…”

Aí eu lembrei de uma frase cruel e que talvez ele tenha pensado, sem dizer :

“A melhor maneira de ajudar os pobres é não se tornando um deles.”

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.