9INE, WPP e Ronaldo “Fenômeno”

ronaldo laranja

Em 2011, através de matérias postadas neste espaço, esclarecemos que a 9INE, empresa que a imprensa, erroneamente, atribuia propriedade a Ronaldo “Fenômeno”, trava-se, em verdade, de suspeita operação da gigante inglesa WPP, parceira de negócios de Marcos Valério, operador do Mensalão.

O brasileiro nada mais era do que, se tanto, um preposto, mais próximo de ser um chamariz de negócios.

A inverdade (sobre os proprietários verdadeiros) contou com aval e participação do “Fenômeno” para ser difundida, que, em troca, quando de seu período no Corinthians, conseguia utilizar a 9NINE para obter vantagens com jogadores de futebol, em contratos mascarados como “de imagem”.

Todos ganhavam, mesmo que a empresa operasse no prejuízo, ação esta que a Polícia Federal, em sua Operação Lava-Jato, tem explicado, nos últimos anos, didaticamente.

O tempo passou e o prazo de validade do “negócio” expirou, razão pela qual as portas e operações da 9INE (nome ligado a Ronaldo, evidentemente com seu consentimento) não mais serão abertas, com o suposto “dono” falando em abrir “outra empresa” e seu “sócio”, Marcos Buaiz”, há tempos, operando no mercado em concorrente do que seria sua própria organização.

Exatamente como adiantamos que aconteceria, em março deste ano.

Revelações dão conta de que a 9INE está “indo para o buraco”

Pelo fato de, em contrato social, os nomes dos brasileiros, em momento algum, terem figurado, mas sim os de empresas estrangeiras, seria interessante que a PF e o MPF dessem uma verificada no assunto, sob risco de encontrarem verdades que a imprensa jamais pensou em noticiar.

EM 07/12/2011, o BLOG DO PAULINHO denunciou Ronaldo, WPP e demais associados na Câmara dos Deputados, em Brasília. Nenhuma providência foi tomada. Vale a pena relembrar:

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.