Corinthians tenta contratar peruano com histórico de indisciplina e nove jogos disputados desde 2015

farfan

O que leva um grande clube brasileiro a tentar contratar um jogador, peruano, que completará 32 anos em outubro, atacante, ou seja, ainda mais necessitado de condição física, se este não se tratar de um fenômeno do futebol ?

E se, desde 2015, o atleta tiver atuado apenas em nove oportunidades, assinalando dois gols, no expressivo futebol dos Emirados Árabes ?

Desde a última semana, o Corinthians batalha para trazer Jefferson Farfán, do Al-Jazira.

Jogador que, além de tudo, carrega consigo grande histórico de desvios de conduta na profissão, tendo sido afastado da Seleção do Perú, nas Eliminatórias 2010, por tempo indeterminado, após festinhas com garotas noturnas, regadas a alcool e outros estimulantes, dentro da concentração.

Fica claro, diante dos números e histórico, que, em concretizada, não se trata de futebol o fator estimulador de sua contratação no Parque São Jorge.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.