Advertisements

Prefeitura prossegue com Ação, iniciada pelo MMT, para anular doação de terreno do Morumbi

Sergio Orlando Santoro

Sergio Orlando Santoro

Há alguns anos, o presidente do MMT (Movimento Morumbi Total), Sergio Orlando Santoro, levantou documentos datados da década de 50 que comprovavam irregularidades na doação do terreno em que hoje está localizado o estádio do Morumbi para o São Paulo Futebol Clube.

Em síntese, a Imobiliária Aricanduva (oficialmente a doadora) teria sido utilizada como fachada para permitir que o repasse, em verdade facilitado pelo Governo, fosse levado a cabo.

Ocorre que, ainda assim, o São Paulo deixou de honrar com compromissos assumidos, à época, que previam a construção, em contrapartida, de parque público, estacionamento, entre outras deliberações.

No último dia 10, a Justiça de São Paulo juntou as denúncias do MMT com ação movida pela Prefeitura de São Paulo, ambas com o mesmo objetivo, cancelar a doação datada dos anos 50.

Porém, enquanto Santoro exige a devolução do terreno ao Município, a Prefeitura quer tomar posse do imóvel, mas repassá-lo novamente ao São Paulo, sob novas condições, em que o clube passaria da condição de proprietário para a de concessionário.

Diz a defesa da Prefeitura:

“A doação realizada na década de 1950 é insustentável juridicamente, devendo ser substituída por outro instrumento jurídico adequado oportunamente (concessão, permissão, venda etc.), após o reconhecimento judicial dessa irregularidade.”

O São Paulo, que pedirá prescrição da ação, alega ter cumprido com todas a contrapartidas, especificando ter construído um edifício “garagem” e que possui também um parque dentro do clube, alegando não ser “público” porque haveria omissão desta informação nos termos da doação.

Advertisements

Facebook Comments

One Response to “Prefeitura prossegue com Ação, iniciada pelo MMT, para anular doação de terreno do Morumbi”

  1. rafaeltri Says:

    de novo esse Santoro enchendo o saco? Esse q tem raivinha do SP pq a mulher dele deu chilique no clube e foi expulsa. Antes disso o Morumbi não tinha irregularidade nenhuma, pra ele. Esse tem q se fuder

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: