Advertisements

Pacaembu será palco do “silêncio dos marginais”

porcosesgoto

As facções criminosas Mancha Verde, TUP e Savóia, promiscuas entre si, decidiram comparecer ao Pacaembu, local em que o Palmeiras enfrentará o Rio Claro, na luta para não ser rebaixado no Campeonato Paulista.

Mas, para felicidade dos torcedores que trabalham, permanecerão mudas, sem ofender os demais presentes com suas baixarias.

O protesto se dará contra o presidente Paulo Nobre, que, acertadamente, denunciou a bandidagem à Federação Paulista de Futebol e ao Ministério Público de São Paulo.

Em consequencia, a Mancha foi proibida de frequentar estádio durante o paulistinha.

Nobre deveria orientar os operadores do Pacaembu a filmarem os marginais, que, mesmo punidos, se farão presentes, covardemente disfarçados sem a indumentária da facção, enviando as imagens aos órgãos competentes.

ATUALIZAÇÃO –  RESPOSTA DA SAVÓIA:

A Torcida Acadêmicos da Savóia vem, por intermédio dessa carta, responder a um comentário infeliz que o jornalista responsável pelo Blog do Paulinho fez em publicação no dia de hoje (31/03/2016).

No post em questão, o jornalista nomeia a Savóia, entre outras torcidas organizadas da Sociedade Esportiva Palmeiras, de FACÇÃO CRIMINOSA e MARGINAIS.

Queremos esclarecer ao Paulinho que facção criminosa é o nome que se dá a um grupo de indivíduos que se organizam de forma paramilitar para a prática de um crime. Sendo assim, como a Torcida Acadêmicos da Savóia JAMAIS cometeu crime algum, exigimos que nossa instituição não seja tratada como tal.

Na mesma publicação, ele fala ainda que a maneira que escolhemos para protestar (em silêncio) causaria a felicidade dos “torcedores que trabalham”, insinuando, dessa forma, que nossa torcida é composta por marginais (outra palavra citada no texto de autoria dele). Viemos esclarecer que somos uma torcida organizada com 11 anos de fundação, que se orgulha de ter entre seus associados estudantes, mães e pais de família com seus filhos, empresários e profissionais (sejam eles autônomos ou não) das mais diversas áreas, portanto, chamar a todos de maneira generalizada de “marginais” não se aplica a nossa instituição, que inclusive pode se vangloriar de uma trajetória honesta dentro de um meio tão “sujo” como o futebol.

Aproveitamos para esclarecer que vivemos em uma democracia, portanto o PROTESTO é DIREITO de todos os cidadãos. Sendo ele feito de maneira pacífica, não há porque haver críticas. Também reforçamos que não nos agrada essa segregação que o presidente Paulo Nobre e alguns de seus discípulos fazem com a torcida. Uniformizados ou não, somos todos palmeirenses, cidadãos de bem e MERECEMOS RESPEITO.

No mais, já declaramos nossa posição sobre o fato ocorrido no CT do clube, conforme consta em nota oficial em nossas redes sociais.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: