Conselheiro do Corinthians começa a fazer “rolo” com novo dirigente do Palmeiras

mattos

O novo dirigente de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, começa, lamentavelmente, a dar mostras no clube de que seus procedimentos não se diferenciarão do antecessor, José Carlos Brunoro.

Esquema com empresários, priorizando o dinheiro no bolso antes do benefício do clube.

Trocou-se os “beneficiados”, deixando de lado os que atendiam ao ex-dirigente, trazendo para dentro do Palmeiras os “amigos” de Mattos.

Eduardo Uram e Fernando Garcia devem se dar bem no Palestra Itália, daqui por diante.

Se no Cruzeiro, o ótimo trabalho do treinador Marcelo Oliveira e as conquistas nos gramados encobriram as “sacanagens” (mais de 50 jogadores contratados), resta ao Verdão torcer para que os ventos da sorte soprem pelos lados da Turiaçu, já que os procedimentos não são nada alentadores.

Fernando Garcia, por exemplo, que além de empresário é conselheiro do Corinthians, tem sugerido ao Palmeiras os mesmos “empréstimos” realizados no Parque São Jorge, que lhe garantiram, em troca, o percentual de mais de 20 jogadores alvinegros.

Destes, três já foram oferecidos ao Verdão, em troca de fatias do garoto Gabriel, nova joia palestrina, sensação dos últimos campeonatos de base disputados pelo Palmeiras.

Resta a Paulo Nobre, que, espera-se, tenha aprendido a lição com a recente passagem de Brunoro pelo clube, tomar as rédeas dos negócios, exigindo de seu novo diretor o detalhamento completo das transações, assim como quem delas tem participações.

Do contrário, o Palmeiras servirá, mais uma vez, para engordar a conta bancária de terceiros, todos sem compromisso algum com a história palestrina.

Em tempo: vale lembrar que Fernando Garcia não é o primeiro corinthiano introduzido na vida palestrina pela gestão Paulo Nobre. O assessor de imprensa Fernando Mello é parente de conselheiro e diretor alvinegro, com o costume de se ofender com os que vestem-se de verde em seu convívio social.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.