Advertisements
Anúncios

CORI acolhe reivindicações de Tuma Jr. e cria comissão para investigar crimes da diretoria do Corinthians

tuma

Em reunião marcada por tensão, gritos e discussões, o CORI – Conselho de Orientação do Corinthians, decidiu criar uma Comissão com a finalidade de investigar os crimes fiscais pelos quais quatro dirigentes do clube foram indiciados na Justiça Federal.

São eles, Andres Sanches, Roberto “da Nova” Andrade, Raul Corrêa da Silva e André Negão.

A ação foi motivada por representação do conselheiro vitalício, Dr. Romeu Tuma Junior, enviada, concomitantemente, aos presidentes do CORI, Alexandre Husni, e também ao do Conselho Deliberativo, Dr. Ademir Benedito.

O documento fala sobre o parcelamento que o clube teve que fazer com a Receita Federal, com pagamento de R$ 188,1 milhões ao longo de 15 anos.

Tuma lembra que do débito confessado pelo clube, R$ 94 milhões correspondem a pagamento de juros, configurando ato lesivo aos caixas alvinegros, oriundos de gestão temerária e provavelmente fraudulenta, iniciada na presidência de Andres Sanches.

Dos pedidos ao CORI, acatou-se a criação de comissão para investigar os crimes, que segundo a Receita Federal, foram cometidos pelas última gestões do Corinthians, enquanto a necessidade do Departamento Jurídico do Corinthians ajuizar ação de ressarcimento de danos ao clube, que seriam cobrados dos dirigentes infratores, dependerá do resultado final da apuração.

Ficou pendente apenas o afastamento, imediato, do Diretor Financeiro Raul Corrêa da Silva do cargo, levando-se em consideração sua posição de indiciado, que poderia, de alguma maneira, contaminar os trabalhos investigatórios.

Não é impossível que ocorra nos próximos dias.

Raul compareceu a reunião, mas novamente desagradou a todos, tentando explicar o inexplicável, com a inseparável “Bíblia da Lorota” ou Relatório de Sustentabilidade embaixo do braço, em atuação que sambava entre o inverossímil e o patético.

Sem a habitual proteção do CORI, após divergência entre o presidente do órgão e o da diretoria, os desafetos, Gobbi e Andres, saíram do Parque São Jorge cuspindo fogo, unindo-se, mesmo que por instantes, nas ofensas a Tuma e no temor de que coisas ainda mais graves possam sair debaixo do tapete nos meses que estão por vir.

*ATUALIZAÇÃO: os membros da Comissão são: Alexandre Husni, Waldemar Pires, Antônio Carlos Cedenho e Felipe Ezabella

andres e bandidagem

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: