Advertisements
Blog do Paulinho

As novas normas implantadas pela CBF, a pedido da Rede Globo

globo cbf

A partir de hoje, algumas normas de comportamento, baseadas na experiência recente da Copa do Mundo, passarão a vigorar no Brasileirão, e noutras competições “organizadas” pela CBF.

Mas não por iniciativa da entidade, que cumprirá exigência da Rede Globo, feita em recente reunião.

Dentre as quais está a obrigatoriedade da divulgação das escalações dos times uma hora antes do embate, e a regulação, também de alguns limites para a imprensa.

Nesse quesito, com medidas boas e outras nem tanto.

A proibição, por exemplo, de jornalistas questionarem treinadores e jogadores sobre lances polêmicos da partida é uma aberração, e, para o bem da profissão, não deve ser aceita, muito menos obedecida.

Com relação a permanência de um limite máximo de 30 repórteres de rádio no gramado das partidas, sou favorável.

Não há sequer dez jornalistas com a capacidade para realizar questionamentos pertinentes – ou desprovidos de interesses – aos entrevistados.

Mais atrapalham do que trabalham, com raríssimas exceções.

Trinta profissionais no gramado – poderiam bem ser os tais 16 sugeridos pela emissora – facilitará a vida de todos, evitando que o bom profissional tenha que disputar espaço com medíocres na sempre árdua luta de conseguir declarações aproveitáveis de jogadores de futebol.

Haverá prioridade da Globo para entrevistas na televisão, o que, convenhamos, era esperado, afinal é a emissora que paga a conta, por sinal, nada barata.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: