Advertisements

França vence Nigéria e está nas quartas de final da Copa do Mundo

image

Em partida absolutamente equilibrada, a França soube aproveitar-se das falhas da zaga africana e venceu a ótima Nigéria, por dois a zero.

Pogba foi o nome do time.

O início do jogo foi bem equilibrado, com ambas as equipes se estudando, e, dentro do possível, buscando o ataque.

Giroud, aos 15 minutos, bateu da entrada da área, com perigo, após receber passe de Benzema.

Aos 18 minutos, com a Nigéria mais à frente, Emenike empurrou para as redes, mas a arbitragem, corretamente, enxergou o milimétrico impedimento.

Os franceses responderam, aos 21 minutos, com batida de primeira de Pogba, dentro da área, defendida espetacularmente por Eneyama.

O jogo se abre e fica ainda mais interessante.

Valbuena serviu a Debuchy, aos 39 minutos, que, da entrada da área, bateu no contrapé do goleiro, mas a bola passou rente a trave.

Emenike arriscou, aos 43 minutos, para boa defesa de Lloris.

A segunda etapa começou tão movimentada quanto a primeira, com as seleções se arriscando pela classificação.

Matuidi entrou de maneira criminosa em Onazi, aos 10 minutos, que precisou até ser substituído pela contusão, mas recebeu apenas cartão amarelo da arbitragem.

Lloris fez defesa difícil, aos 19 minutos, após chute forte de Odemwidgie.

Benzema fez grande tabela no ataque, e saiu na cara de Eneyama, que salvou a Nigéria com grande defesa, aos 24 minutos.

Na pressão da França, aos 32 minutos, após grande jogada de Benzena, Ambrose salvou a bola na direção do gol, que sobrou para Cabaye acertar, de primeira, o travessão.

Um minuto depois, novo milagre de Eneyama em cabeçada de Pogba.

Porém, na cobrança de escanteio, o mesmo Eneyama saiu mal e socou a bola na cabeça de Pogba,que não perdoou.

Um a zero França.

O goleiro nigeriano , logo na seqüência, salvou novamente a equipe em batida forte do ataque francês.

A França seguiu no jogo atacando, com a Nigéria, valente, demonstrando estar fisicamente esgotada.

Deu tempo ainda para, aos 46 minutos, Valbuena bater escanteio curto para Benzema, receber de volta e cruzar rasteiro para Yobo, tentando cortar, bater contra a própria meta e marcar contra.

Dois a zero.

No final, a vitória francesa, suada, garantiu mais um campeão mundial nas quartas de final, esperando agora pelo resultado da próxima partida, com a favorita Alemanha enfrentando a heróica Argélia.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: