O “insatisfeito” Ronaldo e seus negócios de R$ 4 milhões com a FIFA

ronaldo-valcke.jpg

Recentemente, Ronaldo “Fenômeno” demonstrou estranha insatisfação com a organização da Copa do Mundo, da qual, como membro do COL, foi um dos responsáveis.

Batia no Governo, mas isentava CBF e FIFA de suas críticas.

Dias antes, havia publicado foto ao lado de Aécio Neves, candidato oposicionista, de hábitos sociais indivulgáveis, a quem, tudo indica, quis ajudar com as declarações.

Ao verificar os negócios realizados por Ronaldo, somente no mês do Mundial, encontramos razões para que sua indignação, seletivamente, não atingisse a entidade máxima do futebol.

Ronaldo, conforme noticiamos dias atrás, intermediou aluguel de jatinho de propriedade de um sócio do bicheiro Carlinhos Cachoeira ao Secretário Geral da FIFA, Jerome Valcke, por R$ 2 milhões, e, no mesmo período, sua cobertura no Leblon, também por R$ 2 milhões, para Joseph Blatter, presidente da entidade.

Uma movimentação de R$ 4 milhões, em apenas um mês.

Sendo que no caso do apartamento, o valor é considerado inacreditável por onze entre dez corretores do Rio de Janeiro, e seria capaz de comprar outro imóvel, de nível semelhante, no mesmo bairro do que foi alugado ao dirigente.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.