Advertisements
Anúncios

Os convenientes atrasos das obras para a Copa do Mundo

Se não for socorrido "Fielzão" se aproxima de vexame histórico

Assim que o Brasil foi definido como sede da Copa do Mundo de 2014, dissemos, claramente, aliás, era até óbvio, que todas as obras sofreriam atrasos propositais, para que licitações fossem dispensadas, e os bolsos dos que já lucram demasiadamente fossem preenchidos ainda mais.

Não deu outra.

O que se vê na Arena do Atlético/PR, além de indecente, é clara manifestação de chantagistas, gente que fez de tudo para que a dificuldade fosse maior do que a realidade, com a finalidade de se locupletar de dinheiro público.

Noutros locais também, como no “Fielzão”, em que se bate cabeça, até hoje, para ver quem arcará com as arquibancadas provisórias.

O Corinthians afirmou ser o Governo, que diz ser a AMBEV, que respondeu ao jornalista Wanderley Nogueira, estar procurando investidores… e por ai vai.

No fim, a bandidagem, sabedora de que o vexame terá que ser evitado antes do apito inicial do torneio, tem a garantia de que, na última hora, é dos cofres públicos – sem concorrência – que o socorro virá.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: