Morreu Bertold Beitz, o alemão que durante a guerra salvou centenas de Judeus

Por ALBERTO MURRAY NETO

A Veja desta semana anunciou a morte de Bertold Beitz, aos 99 anos, notabilizado por ter sido um importante empresário que, durante a segunda Guerra Mundial salvou centenas de judeus da morte.

Beitz era presidente de uma empresa de petróleo e, como tal, contratava judeus como funcionários, tirando-os dos campos de concentração.

Veja esqueceu-se de mencionar que Bertold Beitz foi atleta e, posteriormente, importante membro do Comitê Olímpico Internacional, colega de meu avô naquela entidade, inclusive como membros do Comitê Executivo e a quem eu tive o privilégio de ter conhecido.

Como sempre digo, quando conheci o COI, durante muitos anos ele foi composto e dirigido por verdadeiros Olímpicos, gente de bem, respeitada e comprometida com o esporte.

Sinto-me privilegiado porque conheci e convivi com vários deles.

Bertold Beitz era um Olímpico.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Morreu Bertold Beitz, o alemão que durante a guerra salvou centenas de Judeus

  1. Garfunkel disse:

    fça um texto sobre o Major Padilha e o Integralismo no Brasil.

  2. André Silva Matos disse:

    que história!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.