Advertisements
Anúncios

Gobbi e o ridículo gesto de anunciar doação pela imprensa

Gobbi e Sanches discutem e por pouco não falam as verdades

Novamente a diretoria do Corinthians tentou se promover às custas de uma tragédia, em ação tratada como “beneficiente”.

O delegado Mario Gobbi, presidente do clube, fez questão de relatar aos jornalistas que cobriam a partida entre Corinthians e São Paulo, no Morumbi, que, benemérito, o clube doará US$ 50 mil à família do garoto Kevin, morto por bandidos ligados à facção criminosa Gaviões da Fiel.

Torcida que, por sinal, é financiada pelo clube, embora seus dirigentes não tenham coragem de assumir.

Fato é que se o clube não tinha nada a ver com o episódio, como declarou seu próprio presidente, tempos atrás, não teria que indenizar ninguém.

E, no caso da doação, que, em tese, seria um gesto humanitário, perde-se o efeito da nobreza ao ser utilizado como material de propaganda.

No final, os US$ 50 mil que a família do garoto receberá apenas por ser paupérrima, em nada aliviará o sofrimento ocasionado, servindo mais aos interesses de quem enviou a oferta, que acabaram pagando barato pelas inserções noticiosas em periódicos de boa circulação.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: