Advertisements
Anúncios

CORI aprova troca do Parque São Jorge pelo “Fielzão”. Conselho deve ratificar na segunda-feira

Novamente os conselheiros do Corinthians agiram de maneira irresponsável, como no período da MSI, em reunião do CORI, realizada esta semana.

Se no início nos anos 2000, a decisão foi a de vender o departamento de futebol para a Máfia Russa, por irrisórios US$ 30 milhões, agora resolveram se desfazer do clube por completo.

Aceitaram, sem resistência, a argumentação da diretoria em repassar os direitos sobre o terreno do Parque São Jorge para o fundo ARENA, que tentará empurrar o bem na CAIXA, no intuito de viabilizar o empréstimo de R$ 400 milhões do BNDES.

A ARENA, ligada a ODEBRECHT, que já havia sido agraciada com outros bens alvinegros, desde símbolo, cessão de utilização do terreno de Itaquera, etc., é agora a “dona” de todo o Corinthians.

Se o clube conseguir pagar a conta do estádio, avaliada em R$ 1 bilhão, sem contar os juros, poderá reaver os bens de volta, se não, pendencia judicial certa imporá ao Timão novo constrangimento, podendo levar a perda definitiva do que se levou anos para construir.

Vale lembrar que, há seis anos no poder, o atual grupo além de não conseguir quitar pendencia de R$ 100 milhões, com R$ 80 milhões em caixa, segundo o ex-presidente Dualib, ampliou o montante ainda mais, superando a casa dos R$ 250 milhões.

E pensar que esses mesmos dirigentes, em 2007, lançaram manifesto aos associados dizendo que a dívida do clube, então em R$ 70 milhões, era impagável.

Segunda-feira, em reunião do Conselho Deliberativo, formado em sua maioria por caixas de ressonância da atual gestão, a decisão será mantida.

Na época da MSI, apenas 16 votaram contra, enquanto a maioria esmagadora, para beijar as mãos de Dualib, ratificou a barbaridade.

Menos de uma década depois, demonstrando que a lição não foi aprendida, os procedimentos, tudo indica, serão repetidos.

CONFIRA ABAIXO A REALAÇÃO DE TODOS OS MEMBROS DO CORI, ORGÃO RESPONSÁVEL POR DAR ANDAMENTO A TROCA DO PARQUE SÃO JORGE PELO “FIELZÃO”.

Alexandre Husni (presidente), flagrado em escutas da Policia Federal como possível comprador de sentenças de juízes.

Jorge “Totó” Kalil (vice-presidente), segundo o próprio, em escutas da PF, “laranja” de Carla Dualib.

MEMBROS NATOS

Andres Sanches, Carlos Senger, Clodomil Orsi, Marlene Matheus, Mauro Gasparian, Waldemar Pires

MEMBROS TRIENAIS

Waldir “Coxinha” (das notas fiscais falsas), Antonio Carlos Cedenho, Felipe Ezabella, Luis Cesar Granieri, Jorge Aun, Ronaldo Perrela Rocha, Sulivam João Correa, Wilson Bento.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: