Advertisements

Jogador é dispensado após se recusar a ser agenciado por Brunoro

“Falaram que os jogadores que não assinassem o contrato de agenciamento seriam mandados embora. Diziam: “sabe o que pode acontecer contigo, né?”. Me pressionavam para assinar o contrato. Alguns dias depois de não ter assinado o contrato de agenciamento, cheguei para treinar e disseram que eu estava dispensado.”

A declaração acima, do jogador Lucas Nascimento, do Audax/RJ, demonstra bem a maneira de agir do atual “manager” do Palmeiras, José Carlos Brunoro.

Os atletas do clube, todos, eram obrigados a assinar contrato de agenciamento com a Brunoro Assessoria e Eventos, empresa do atual dirigente do Palmeiras, que também era gestor da equipe carioca.

Mesmo métodos adotado pelo treinador V(W)anderlei(y) Luxemburgo, sócio de Brunoro, nas equipe em que atua.

O presidente do Palmeiras, que acertou tanto no episódio das “organizadas”, não pode fechar os olhos para as evidências, claras, da maneira de agir de seu dirigente.

O caso Barcos, por exemplo, foi escandaloso.

Confira abaixo, não penas a matéria da Globo.Com, que escancarou a denúncia, como também a reprodução dos documentos que comprovam o aliciamento do atleta.

http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2013/03/dispensado-jogador-acusa-audax-rj-de-coacao-para-favorecer-empresa-de-brunoro.html?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=ge_palmeiras

contrato Lucas Nascimento Audax 2 (Foto: Reprodução)

Contrato de agenciamento oferecido a Lucas ligaria jogador à empresa de Brunoro. De acordo com documento, jogador teria que repassar percentuais sobre alguns vencimentos (Foto: Reprodução)

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: