Advertisements

Coluna do Fiori

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

O Silêncio das Entidades Representativas dos Árbitros

1

“Conforme entrevista sob responsabilidade do jornalista Thiago Rabelo, intitulada “Arbitragem sob Suspeita” inserida no jornal goiano “O Popular”, datada em 20/02/2013, Aristeu Tavares, até então, presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF, que se autodenomina senhor da verdade, da razão e do saber, afirmou que tinha conhecimento das investigações sobre manipulação de resultados cometida por árbitros das diversas federações.

Balaio

Podemos concluir que após a asseveração do “ético” Aristeu Tavares, a não denominação dos possíveis envolvidos colocou os árbitros no mesmo balaio, ou seja; publicamente, o principal dirigente da arbitragem do futebol brasileiro desmereceu a retidão dos subordinados.

DEMISSÃO

No dia 27/02/2013, presidente da CBF, o também “ilibado” José Maria Marim, tomou correta decisão, demitiu Aristeu Tavares, colocando interinamente em seu lugar, o ex-árbitro Edson Resende de Freitas, também ex-presidente da CA-CBF, possivelmente, um dos padrinhos do político árbitro Sandro Meira Ricci, igualmente, em alguns outros apadrinhamentos.

EM TEMPO

De imediato José Maria Marim, nomeou Aristeu Tavares para continuar na condição de funcionário da CBF, integrando-o na escola de árbitros.

A nomeação expressa a cara de pau do “ético” Aristeu Tavares, vez que sabendo ter árbitros manipuladores de resultado, indiretamente, continuara convivendo com eles.

OMISSÃO

Até o presente, acredito que por subserviência aos mandatários de plantão, não encontrei nenhum manifesto das entidades representativas dos árbitros de futebol que desacreditasse as declarações do imponente Aristeu Tavares, ex-presidente da CA-CBF.

Campeonato Paulista 2013- Série A1

Sábado 23/02/2013

São Paulo 3 x 0 Linense

Árbitro: Rodrigo Braghetto

Os cartões de advertência foram direcionados perfeitamente, Rodrigo Braghetto, seus assistentes e adicionais, não influíram no resultado; trabalho normal.

Domingo 24/02

Bragantino 2 x 2 Corinthians

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho

Acertou ao sinalizar a penalidade máxima cometida pelo atleta Raphael Andrade, defensor do Bragantino, que usou uma das mãos para desviar a trajetória da bola quando de um ataque da equipe corintiana; Guerreiro bateu, bola entrou, jogo empatou 2×2

Atuação normal do principal representante das leis do jogo.

Palmeiras 1 x 0 União Barbarense

Árbitro: Rodrigo Guarizo do Amaral

Na parte disciplinar, expulsou corretamente o palmeirense Marcelo Oliveira; no conjunto, trabalho normal.

Taça Libertadores – 2013

Terça Feira 26/02

Grupo 3

Arsenal 2 x 5 Atlético-MG

Árbitro: Martin Vasquez (UG)

Por ter desrespeitado as leis do jogo, principalmente, por não tomado nenhuma medida disciplinar que enquadrasse o atleta Braghieri, da equipe argentina quando da violenta voadora que deu em uma das pernas do atleticano Ronaldinho Gaucho.

Sou convicto que o mediador deveria ter pena de exclusão do quadro de árbitros, vez que o fato aconteceu na sua cara.

Grupo 5

Quarta Feira 27/02

Corinthians 2 x 0 Milionários

Árbitro: Nestor Pestana (ARG)

Cartões bem direcionados; trabalho normal.

POLITICA

O famoso braço curto que presidiu e expandiu a corrupção por este Brasil, brasileiro, que pouquíssimo labutou e, bilionário ficou, que metia o pau no José Sarney, Fernando Collor, Renan Calheiros e similares, chamando-os de ladrões, mostrando total desrespeito para com o povo, sentindo-se o rei da cocada, por interesse pessoal, ousou antecipar o debate eleitoral do pleito 2014.

Ao invés de cuidar de explicar as condições que ele e seus filhos amealharam vultosa fortuna, sabedor que como ele, grande maioria da população adora o nojento; Toma lá dá cá, ou seja; muito circo (futebol, carnaval e todas as formas de espetáculos) deixando de lado a cultura, o batente (serviço) não se importando em politizar-se para evitar que continuemos sendo o paraíso da ladroagem oficial e oficiosa.

Verdades

2 3 4

Reconstruído a fase final:

Não tem iniciativa e não se preocupa com o futuro do país

5

Chega de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo,

Acorda Brasil

SP- 02/03/2013

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: