Advertisements

A Rede Globo matou a São Silvestre

Os mais antigos se lembram, certamente, da expectativa gerada anteriormente pela tradicional corrida de São Silvestre.

O Brasil parava para assistir, quase na virada do ano, uma corrida fantástica, charmosa, e que fazia de seu vencedor um herói nacional.

A repercussão era enorme, e as discussões sobre a prova dominavam o inicio de ano no País.

O que se viu nos últimos anos foi exatamente o inverso do que relatamos.

Uma prova descaracterizada, em horário de pouca audiência, com trajetos estapafúrdios, que passou despercebida do povo brasileiro.

Seja na frente da TV, ou nas vazias ruas de São Paulo (outrora lotadas), o desinteresse era total.

Tanto que o fato mais comentado do evento foi a triste morte de um cadeirante, vítima da irresponsabilidade dos organizadores, que criaram uma descida perigosa até para quem goza de plena saúde.

Os desejos da Globo de adequar a competição aos interesses de parceiros comerciais em breve sepultarão a já falecida São Silvestre, que ficará viva apenas na lembrança de quem teve a sorte de assisti-la em tempos de mais glamour.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: