Corinthians e o dinheiro nos “Gaviões da Fiel”: promiscuidade ou acobertamento ?

A notícia, divulgada pelo “Blog do Perrone” de que o Corinthians luta na Justiça para liberar R$ 150 mil que alegam pertencerem ao clube, mas que estavam em poder da facção criminosa Gaviões da Fiel, apreendidos que foram numa ação policial, é estarrecedora.

Demonstra toda a promiscuidade do clube com a dita “organizada”.

O diretor jurídico Luis Bussab, de tantas irregularidades, alega que o dinheiro estava lá como se fosse oriundo de consignação em venda de ingressos, o que por si já seria um absurdo, mas não consegue comprovar, razão pela qual a Justiça já indeferiu o pedido.

Mas há quem diga que o clube esteja mentindo para ajudar a facção a liberar os valores, que a própria não consegue comprovar origem, muito provavelmente de ações à margem da legalidade.

O Corinthians sofreu prejuízo por incompetência de seus gestores ou está sujando o nome da instituição participando de uma ação indigna de sua história ?

Seja lá qual for a versão verdadeira, dá a tônica de como as coisas funcionam no Parque São Jorge.

Em tempo: A última dívida de ingresso dos Gaviões da Fiel com o Corinthians foi “perdoada” pelo diretor financeiro Raul Corrêa da Silva e, estranhamente, “sumiu” do balanço do clube.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.