Coluna do Fiori

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

27ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2012 – SÉRIE A

Sábado 29/09

Náutico 2 x 0 Atlético-GO

Árbitro: Leandro Vuadem (FIFA-RS)

Cantou de Galo

Se sentido ofendido e colocando-se como defensor dos colegas, ao invés de iniciar a partida, Leandro Vuadem exigiu que fosse retirada faixa protesto estendida por alguns torcedores da equipe da casa, com a citação “Não vão nos derrubar no apito”.

Simulou, Vuadem marcou

Por volta do décimo sétimo minuto da etapa inicial, em lance ocorrido dentro da área atleticana, no momento que Rhayner atacante da equipe da casa, tentava chutar a bola, um de seus opositores intercedeu legalmente, no ato da disputa o atacante Rhayner se lançou a frente e caiu tentando cavar a falta penal.

Não deu outra! Vuadem apontou a marca da cal; após cobrança, – fosse o lance na área da equipe pernambucana, sou convicto que Vuadem não marcaria. O segundo gol foi normal.

Rematando

Excluindo a exigência para retirada da faixa protesto, como também, a indevida sinalização da penalidade máxima que favoreceu a equipe da casa, nada de anormal aconteceu, rsrsrsrsrsrsrrsrsrsrs.

Portuguesa 1 x 1 Atlético-MG

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (ASP-FIFA-GO)

Prejudicou

Por volta do quadragésimo terceiro minuto da etapa inicial, dentro da área atleticana, a bola resvalou no braço esquerdo do atacante Bruno Mineiro,

– na seqüência, o atleta lusitano fulminou, mandando a pelota pro fundo da rede atleticana;

– de maneira incorreta, o árbitro sinalizou irregularidade no lance inicial de Bruno Mineiro;

– indicando que foi braço na bola, com intuito de levar vantagem.

Conclusão

Não gostei do desempenho do árbitro.

Palmeiras 3 x 0 Ponte Preta

Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (ASP-FIFA-SP)

Desempenho normal, não foi exigido.

Domingo 30/09

Corinthians 3 x 0 Sport

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Desempenho aceitável

Coritiba 1 x 1 São Paulo

Árbitro: Péricles Bassols (FIFA-RJ)

O pênalti que Bassols marcou a favor do Coritiba não existiu,

– mesmo tendo dado o conhecido carrinho, Rodolfo,

– defensor são-paulino; visou e foi na bola.

– o papo que árbitro não tem TV a disposição,

– na maioria das vezes não cola, principalmente quando a bola,

– é disputada no interior da área,

– local que o árbitro deve estar em cima, e ligadíssimo,

– Bassols estava e, errou.

Expulsão

Rodolfo pediu sua expulsão; cometeu falta gravíssima.

Concluindo

O árbitro teve fraco desempenho.

Grêmio 1 x 1 Santos

Árbitro: Nelson Nogueira Dias (PE)

Trabalho confuso, por algumas interpretações, foi contestado pelos litigantes, quis e conseguiu aparecer quando expulsou Neymar, vez que estava próximo do fato no instante que Pará, defensor gremista mete a sola de sua chuteira na coxa do santista, como revide, o menino da Vila, pisa no oponente; neste momento, o árbitro lhe deu o vermelho.

Completo

O árbitro estava próximo do lance, se viu Neymar pisando, evidente que viu Pará iniciar; alegar que estava encoberto na falta cometida pelo gremista, não convence.

28ª RODADA DA SÉRIE A DO BRASILEIRÃO – 2012

Quinta Feira 04/10

Portuguesa de Desportos 5 x 1 Sport

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro

Na primeira etapa não foi exigido; na segunda, deixou o barco seguir, perdendo o controle da disciplina

– foi contestado por diversas vezes, aquém de ter,

– deixado de expulsar o atleta Luiz Ricardo da Portuguesa, que na sua frente, por duas ocasiões, cometeu faltas maldosas.

ASSEIO NA ADMINISTRAÇÃO DO FUTEBOL

Baseando-me na lei que isenta os dirigentes da responsabilidade financeira, na conduta do ministro Aldo Rebelo, dos legisladores, como também, na conduta dos atuais gerenciadores das entidades esportivas, convenço-me, que estamos perto do impossível da almejada higiene na administração dos clubes, das confederações, das federações e, entidades paralelas.

POLITICA

ELEIÇÃO MUNICIPAL

No próximo domingo 07/10/2012 vamos exercer nosso dever cívico, ou seja, deveremos comparecer na secção eleitoral para votar no candidato que ocupará a cadeira do poder executivo municipal, como também, em um dos candidatos para preencher uma das vagas do legislativo municipal.

MEU VOTO

Para prefeito da capital do estado de São Paulo votarei no educador Carlos Giannezi, candidato do PSOL, por ser, honesto, combatente, competente e coeso.

CAMARA MUNICIPAL

Para vereador da capital do estado de São Paulo, votarei no candidato Norberto Zamberetti – Número 25.225

JUSTIÇA

A decisão do ministro Ricardo Lewandowski inocentando José Dirceu, reforça em mim;

A vergonha de ser honesto

FECHANDO

Parem de roubar nosso dinheiro através licitações superfaturadas, obras pagas e inacabadas, caixa 1, 2, 3, 4, 5,6…, como também, o hábito de partidarizar órgãos públicos, colocando amigos, sindicalistas e colaboradores na condição de integrantes do conhecido e imoral; cargo de confiança.

Chega de Corruptos e corruptores

Se liga São Paulo,

Acorda Brasil

SP-05/10/2012

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.