Advertisements

No sufoco, Paulinho coloca o Corinthians nas semifinais da Libertadores

Numa partida nervosa, dificílima de ser disputada, o Corinthians, com muita raça, venceu o Vasco da Gama, com um gol de Paulinho aos 42 minutos da etapa final.

Sem dúvida alguma, o principal jogador dessa equipe.

Tivemos uma primeira etapa muito disputada, com marcação forte, porém com o Vasco um pouco mais criativo.

O primeiro lance de perigo foi oriundo dos pés de Juninho Pernambucano, em cobrança de falta que Cassio defendeu em dois tempos.

Seis minutos depois, Nilton arriscou da intermediária e a bola passou forte, à direita do gol.

Com enormes dificuldades para fugir da marcação vascaína, o Corinthians criou sua primeira oportunidade aos 19 minutos, quando uma bola sobrou para Sheik, livre, dentro da grande área, mas a batida resvalou em Fagner e foi para fora.

Logo depois, em cabeçada de Paulinho, uma tijolada, Fernando Prass fez defesa milagrosa.

Aos 47 minutos, Leandro Castan bateu cabeça com o estabanado Cassio e por pouco o Vasco não abriu o marcador.

O segundo tempo foi ainda mais nervoso, porém com o Corinthians avançando mais seu time, tentando furar o bloqueio vascaíno.

Nervoso, por reclamação em falta inexistente sobre Paulinho, o treinador Tite foi expulso, aos 11 minutos.

Enquanto o Timão partia todo para o ataque, aos 17 minutos, Alessandro deu um estourão para frente, a bola bateu em Diego Souza, que ficou com ela e avançou, livre, por todo o campo ofensivo, esperou Cassio sair, mas o goleiro alvinegro fez grande defesa.

Um gol que não se pode perder numa decisão como esta.

Na cobrança de escanteio, um minuto depois, novo susto para a Fiel em cabeçada de Nilton que pegou no travessão.

Aos 32 minutos, Sheik pegou de primeira na área, Fernando Prass defendeu e a bola bateu na trave.

Quando tudo indicava que as penalidades chegariam, aos 42 minutos, após cobrança de escanteio de Alex, Paulinho subiu, quase na marca do pênalti, e, consciente, classificou o Corinthians para as semifinais da Libertadores.

Houve tempo ainda para Cassio errar uma saída de bola e Romulo sozinho, cabecear para fora.

Depois disso, o árbitro apitou e o Pacaembu, aliviado, comemora até agora.

O Corinthians enfrentará, provavelmente, o Santos, se este vencer o Velez Sarsfield, ou o vencedor de Universidad de Chile e Libertad.

E pode estar a apenas quatro jogos do segundo título mais importante de sua história.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: