Advertisements

Esquema desmorona: após intervenção de Marin, jogadores do Shakhtar Donetsk e Ronaldinho Gaucho estão fora da Seleção Brasileira

A nova convocação da Seleção Brasileira, em que se privilegiou a base para os Jogos Olímpicos, não foi nada interessante financeiramente para o treinador Mano Menezes.

Pela primeira vez, desde o acordo selado com o empresário Franck Henouda, anos atrás, a equipe ucraniana do Shakhtar Donetsk não forneceu seus “craques” à equipe.

Evidentemente há dedo do presidente da CBF nessa decisão.

Mano, pressionado, teve que optar entre o emprego ou os “benefícios” oriundos do leste europeu.

Ficou com a primeira opção.

Embora a Ucrânia tenha sido representada pela convocação de Giuliano, ex-Internacional ,que, ao menos, parece ser bom jogador.

Constrangido, abriu mão também de levar Ronaldinho Gaucho, outra clara imposição do comando da CBF.

Por sinal, uma decisão acertada.

Há um ou outro atleta discutível na lista apresentada, porém, nota-se claramente que o “esquema” de beneficiamento de empresários sofreu um duro golpe nas últimas semanas.

Confira abaixo.

Goleiros

Jefferson (Botafogo)

Neto (Fiorentina)

Rafael (Santos)

Laterais

Daniel Alves (Barcelona)

Danilo (Porto)

Marcelo (Real Madrid)

Alex Sandro (Porto)

Zagueiros

Thiago Silva (Milan)

David Luiz (Chelsea)

Bruno Uvini (Tottenham)

Juan (Inter de Milão)

Meio-campistas

Casemiro (São Paulo)

Sandro (Tottenham)

Rômulo (Vasco)

Paulo Henrique Ganso (Santos)

Oscar (Internacional)

Lucas (São Paulo)

Giuliano (Dnipro)

Atacantes

Alexandre Pato (Milan)

Hulk (Porto)

Leandro Damião (Internacional)

Neymar (Santos)

Wellington Nem (Fluminense)

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: