Advertisements

A farra de Cipullo: Palmeiras pagou 72% de comissão a intermediários do atleta Vitor

Publicamos, ontem, a informação de que o Palmeiras pagou 60% de comissão para intermediários na contratação do atacante Ewerthon.

Um verdadeiro assalto.

http://blogdopaulinho.com.br/2012/03/22/palmeiras-clube-dos-13-e-a-farra-das-comissoes/

Porém, quase todas as contratações, assinadas por Gilberto Cipullo, seguiram a mesma toada.

De posse de diversos documentos, daremos, agora, outro exemplo de como as coisas funcionavam no Palmeiras.

Vocês se lembram do jogador Vitor, que o Palmeiras contratou junto ao Goiás, em março de 2010, por R$ 700 mil ?

Tivemos também, neste caso, a farra das comissões.

Em 22 de março de 2010, a BRZ Consultoria Deportiva, através de seu sócio Danilo Richetti Basso, recebeu R$ 30 mil, supostamente pela intermediação, autorizados por Cipullo.

Mas, como de costume, não parou por ai.

Documento também assinado por Gilberto Cipullo, datado de 26 de maio de 2010, compromissou o Palmeiras a pagar R$ 70 mil ao empresário gaúcho João Francisco Machado.

A Cândido Santos Neto Consultoria Ltda., também foi agraciada pelo ex-dirigente de futebol palmeirense, segundo documentação assinada pelo próprio, em 12 de março de 2010.

Impressionantes R$ 400 mil !!!

Ou seja, o Palmeiras pagou, ao Goiás, R$ 700 mil pela aquisição do jogador, porém, aos intermediários, dispensou mais R$ 500 mil.

Quase 72 % de comissão.

Caso, sem dúvida, pra se chamar a polícia.

Em tempo: Sergio do Prado, ex-dirigente do clube, assinou como testemunha em todos os documentos.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: