Advertisements

Fifa não coloca tecnologia nos jogos porque isso impediria a manipulação de resultados.

Por ALBERTO MURRAY NETO

http://www.midiasemmedia.com.br/colunistas/albertomurray/7357-Fifa-coloca-tecnologia-nos-jogos-porque-isso-impediria-manipulao-resultados.html

Um dos maiores atrasos que há no esporte é a cisma da FIFA em não admitir o uso da tecnologia nos jogos de futebol.

A cartolagem do futebol alega que isso tiraria a  graça do jogo e o seu sentido humano.

Grande bobagem.

Balela de quem quer continuar vendo jogos sendo manipulados.

Eu acho, sim, que há interesses financeiros por trás de jogos de futebol, principalmente em grandes competições, como a Copa do Mundo.

Que ninguém seja ingênuo, boboca.

E a tecnologia tiraria a facilidade com a qual árbitros e dirigentes mal intencionados manipulam resultados conforme os interesses do momento.

Desumano é ver a seleção irlandesa ser desclassificada da Copa do Mundo de 2.010 com um gol absolutamente ilegal, apenas para citar um exemplo bem recente.

As Copas do Mundo são recheadas de atos suspeitos.

Quem não se lembra da Coréia em 2.002, que eliminou a Espanha em dois lances descaradamente roubados?

Ou o penalti não marcado da Itália sobre a Austrália em um jogo eliminatório na Copa de 2.006, no final do jogo?

Só um idiota, ou alguém mal intencionado poderia ser contra a aplicação da tecnologia nas partidas de futebol.

Os árbitros continuariam errando.

Mas não mais roubando.

Os erros seriam corrigidos pelo olho eletrônico.

E Justiça seria feita.

Facebook Comments
Advertisements

37 comentários sobre “Fifa não coloca tecnologia nos jogos porque isso impediria a manipulação de resultados.

  1. Sérgio - SP/SP

    Ele só esqueceu de citar que das 5 copas do mundo conquistadas pelo Brasil, 2 foram na mão grande.

    Quem nunca ouviu falar daquele roubo que foi Brasil e Espanha na Copa de 62? E os sucessivos erros a favor do Brasil na Copa de 2002 (a Belgica que o diga…).

  2. Mauricio

    É por isso que só tenho assistido futebol americano… Quantos lances polêmicos são resolvidos no replay em slow motion…

  3. Ramón

    Aquele jogo entre Coreia e Espanha foi digna de uma arbitragem do Simon! Mas naqueles dias que o Simon está MUITO inspirado, mesmo.

  4. alessio

    alguem já postou isso aqui.

    A lista é grande.
    – Copa de 1966, jogo final,
    – Copa de 2002, essa foi uma festa, ” erros e mais erros”, desde o primeiro jogo do Brasil
    – copa de 1998,
    – Copa de 1970

    e assim vai,

  5. euclydes zamperetti fiori

    Caro senhor
    Sérgio e leitores,

    A história que relatou é verdadeira, somente com um adendo: A participação ativa do Marechal da Vitória e do jornalista Orlando Duarte evitando que o árbitro colocasse em sumula tudo que ocorrera na partida,
    salvo engano a eliminação de Garrincha q. o impediria o prosseguir do mesmo na competição, como também a forçada partida do árbitro, acredito q. mediante alguma vantagem.

    abraços

    zamperetti fiori

    cidadão e,
    ex-árbitro de futebol

    Em Tempo:

    Talves por ser cultivador de emoções ñ sou favoravel a implantação da tecnologia, ao mesmo tempo, entendo que a mesma é comandada por humanos.

  6. Jones 8-1-1

    Concordo plenamente… até qdo vamos ter que aguentar Simons da vida decidindo o resultado de um jogo?

    Minha sugestão:

    fazer que nem é no tênis…cada time teria direito a 3 (p. ex.) desafios por jogo… qdo se sentir prejudicado em algum lance capital, sugerir o desafio pela imagem.

    Digo isso porque se todo lance fosse parado para conferência isso tiraria a dinâmica do jogo.

  7. Rodox

    E o futebol deixaria de ser como conhecemos e mudaria de nome para chatobol!!!

    A regra tem que valer para TODOS os níveis…. No volei existe a mudança de regras mas qualquer pessoa pode, em qualquer nivel até numa brincadeira de rua, se adequar as regras….

    Agora imagine um campeonato de serie C sem grana para nada tendo que comprar sensores e bolas para se adequar as tecnologias…

    O Futebol só é o que é, o esporte mais democratico e adorado do mundo, exatamente porque nao se mudam as regras… Isso tudo é balela e choro de quem nao sabe perder!

  8. Carlitus

    Adotar as tecnologias que os canais de TV usam e abusam para julgar árbitros é puro delírio. Noventa por cento das partidas nào chegariam ao seu final. E, as partidas que chegassem ao fim, no campo, continuariam nos tribunais.

  9. Marcelo Abdul

    Concordo com o Murray.

    Outro dia vi a entrevista de Galvão com Havelange e fiquei horrorizado com o que ele disse.

    Lametável que a Fifa permita que os erros capitais permaneçam.

    Essa história de que isso “tiraria a graça do esporte” é pura demagogia barata.

    Hoje os recursos eletrônicos permitem uma análise precisa dos lances e evitariam erros graves. Em Copas anteriores isso não era possível.

    Já se passou da hora de fazer.

    A Fifa está ficando para trás no mundo do esporte. Cada vez mais gagá e caduca.

  10. Marcelo Abdul

    Beleza.

    Depois que o seu time perder com um gol de não você não pode reclamar ok?

    “Senão tiraria a graça do esporte”

  11. Roger Aquino

    Enquanto este moço fala do que entende (esportes olímpicos e COB) dá até para ler, mas acho que com a exposição que vc e o Juca Kfouri estão dando a ele, se empolgou e postou uma tremenda besteira. Volte para seu lugar seu Murray.

  12. Sérgio SP/SP

    Concordo contigo, a tecnologia, apesar de todas as facilidades, é controlada por humanos.

    E também, hoje em dia, existem programas de edição de vídeo tão poderosos que é possível editar um replay de um lance duvidoso quase que em tempo real.

  13. Renato

    esse cara nã sabe nada de bola. Imagina só, ia ser o jogo inteiro nego vendo imagem na tv pra ver se foi falta ou impedimento.

  14. jose eduardo carvalho florido

    SENNHOR:ALBERTO MURRAY NETO
    OS FATOS QUE O SENHOR SE REFERE, SAO CONTUNDENTES, E TODOS VIRAM POIS É DE DOMINIO PUBLICO. Porem veja:
    O jovem Rodox Disse:

    Janeiro 4, 2010 às 9:38 am | Responder
    E o futebol deixaria de ser como conhecemos e mudaria de nome para chatobol!!!

    A regra tem que valer para TODOS os níveis…. No volei existe a mudança de regras mas qualquer pessoa pode, em qualquer nivel até numa brincadeira de rua, se adequar as regras….

    OU SEJA ESSE É O PRINCIPIO QUE MOVE A FIFA( E ESTA CERTA) POIS NAO SE PODE TER UM ESPORTE ONDE AS REGRAS NAOA POSSA ASEREM APLICADAS EM TODO SUA EXTENSAO, E EM TODOS AS CATEGORIAAS..O FUTEBOL É(E FOI CONCEBIDO) PAR SER UNIVERSAL

  15. Osvaldo SEP

    Sacuda a cabeça pra ativar os neurônios, aí voce vai entender o que eu vou escrever.

    No TENIS e no FUTEBOL AMERICANO existe o desafio, se um cara desafiou e se deu mal ele perde o direito de desafiar novamente.

  16. Osvaldo SEP

    Assim como todos os esportes.

    Mas da subjetividade vamos para algo concreto. Esqueça as parafernalias eletrônicas.

    Que tal colocar mais um bandeirinha, mas não atras do GOL como certos quadrupedes querem, mas do outro lado do campo.

    Cada metade teria um bandeirinha, lances como ja aconteceram ( inclusive com São Marcos ) de a bola entrar e a visão ser encoberta não existiriam.

  17. Geraldo "JASON" Lina

    NAO EXISTE UMA PESSOA DE BEM NESTE MUNDO QUE NAO QUEIRA A AJUDA DO VIDEO TAPE PARA DECIDIR LANCES POLEMICOS.
    NAO TEM.

    NAO ME VENHA COM ESSA CONVERSINHA DE QUE PERDE A EMOCAO.
    ISSO EH RIDICULO SE NAO FOR PATETICO.

    A ELETRONICA AJUDA EM TUDO, PORQUE SOH OS VELHOS MALDITOS DA FIFA NAO ACEITAM ?

    O FUTEBOL EH UMA DIVERSAO DE GENTE IDIOTA.
    E O TORCEDOR EH UM IMBECIL.

    ***(*) ******(*)

  18. Marcos

    Realmente, o tênis, por exemplo, ficou chatíssimo depois do recurso eletrônico, né? Se a “graça” do esporte está nos erros de arbitragem, então vamos fazer campanha pra que haja cada vez mais erros; assim o futebol ficaria ainda mais interessante. Por esse seu prisma, o Simon é realmente é um dos melhores àrbitros do mundo, e vc NUNCA deve ter reclamado de erros de arbitragem contra o seu time, né?

  19. Marcos

    Na verdade, o fato de a tecnologia ser controlada por seres humanos seria uma vantagem. Explico:

    Ninguém é ingênuo o suficiente pra acreditar que o recurso eletrônico eliminaria 100% dos erros de arbitragem, mas todos concordam que a redução deveria ser drástica, certo? (como ficou atestado nos esportes que a adotaram) Caso isso não se verificasse, então a manipulação de resultados ficaria não só mais evidente como também comprovada! Isso traria um descrédito tão grande ao esporte que a fonte de renda dos manipuladores iria eventualmente secar-se.

  20. Shikus

    Depois de ver a FIFA deixar passar algo tão grotesco como foi a classificação da França, tive uma certeza – esta situação interessa à FIFA, interessa às federações e interessa a grupos empresariais. Interessa a tanta gente que isso nunca irá mudar.
    Nós, homens comuns, não temos poderes para mudar esta situação, mas temos todo o poder de mudar a nós mesmos. Eu decidi mudar: não assisto mais futebol. Meu tempo é precioso demais para perder com esse jogo de ladrões.

  21. Alessandro-Palmeirense

    Na rua eu posso falar que a bola entrou ou não, porque o máximo que eu posso perder é pagar uma caixa de cerveja (Que eu beberei junto, claro!).
    Esse argumento da “regra deve ser a mesma para o jogo da minha rua” eu acho um dos mais absurdos que existem. Na rua eu posso simplesmente falar “Tá certo, fui o último a tocar”. Profissionalmente, seja na série A, B, C ou Santa Cruz, eu não posso agir contra quem paga meu salário.

  22. Francisco Terra

    Aprendi com o ANDRADE NETO. Devemos todos concordar sempre com o Paulinho e com o mestre Zamperetti Fiori, um cidadão, um ex-árbitro de primeira.

    FRANCISCO TERRA. BRAÇO FORTE. MÃO AMIGA.

  23. Osvaldo SEP

    Não aceitam porque não vai dar pra “ajeitar” as coisas, como o Henry fez.

  24. marcos

    Paulinho, por favor diga ao F T, que pular de uma ponte bem alta faz bem para a saúde, já que ele acredita tanto em voce, vamos nos livrar em definitivo deste baba ovo…

    Fio Terra, Braço forte, mão amiga (do p_u)

  25. jose eduardo carvalho florido

    PELO VOCABULARIO QUE VEJO, EM MUITO DOS QUE PPOSTAM MENSAGENS, EU ACHO QUE REALMENTE ELES ESTAO VENDO ESPORTE ERRADO, NAO TEM A MENOR IDEIA DO QUE SEJA O FUTEBOL.
    Realmente tem gente que ve futebol, nao por que goste do esporte , é por que passa todo dia pela televisao…pois para muitos se nao fosse televisionado e se nao tivesse comentaristas nao saberiam quanndo ha impedimento ou nao.
    Ha uma questao de dinamica e fisica envolvida, optica obviamente,no que se refere a marcaçao de as faltas… é logico que com um elemento que congele a imagem , se resolveria muito os conflitos..porem cada vez que houver um lance duvidoso,o jogo em si nao terminaria nunca…… para começar nao é a FIFA, quem muda,sabiam???

  26. jose eduardo carvalho florido

    SIKUS

    É muito verdadeiro seus conceitos, mas o futebol é lindo, esta cheio de vigaristas, safados , omo vc bem disse. Mas a FIFA, como as federasçoes que a compoe, pode estar manipulada por esse ou aquele interesse.Porem existe uma cois que é erro humano…. ou erro com intençao de prejudicar…..
    Agora, se voce souber onde deve( e acho que estava) estar o juiz no momento de esse tipo de jogada(me refiro no gol da França)..se o juiz estiver nas determinaçoes FIFA, ele jamais poderia ter visto o lance..ele esta atras do jogador frances, que tapa a visao do arbitro…Nos vimos pois as cameras de televisao estao posicionadas a 90º do campo de jogo..simplesmente nos facilita a visao..
    Nao discuto que a decisao veio tirar um a ajuda muito grande aos iunteresses da FIFA, que esta dominada pela corrente francesa, saabia disso? das correntes de poder da FIFA…espero ter sido util..e que vc possa voltar a ter interese, mas estou pleno acordo que teu tempo realmente é valioso, para ver roubalheiras e falcatruas….. abçs
    z.e

  27. Renato

    vai assistir tenis e futebol americano então. esses são esportes que tem como característica estarem parado, as jogadas são extremamente curtas, com raríssimas excessões. Futebol americano não tem desafio, o juiz utiliza o vídeo quando acha conveniente, quando tem uma dúvida. A internet premia a bestialidade, como o cidadão aí de cima, que pelo jeito sequer sabe chutar uma bola, se elea estiver parada o cara erra. Mas na internet dá uma pessoa como ele dá sua opinião e quando confrontado usa ironia, sarcasmo e má educação para respoder. EITA!!!

  28. Osvaldo SEP

    RENATO tira a orelha da frente dos olhos, o Futrebol americano tem desafio sim, voce que é uma anta parabólica que conjuga das mesmas qualidades dos dinossauros da FIFA.

    Todos os esportes evoluiram, até o Basquete evoluiu, é que voce sofre de gagueira mental por isso não consegue acompanhar as diferenças.

    A internet deixa comedores de alfafa como voce participarem de Blogs como esse.

  29. Denis

    Acho que dá para usar a tecnologia em alguns casos, mas em outros é impossível. No caso, por exemplo, de Brasil e Bélgica, apesar de concordar que se tratou de um roubo, sou contra. O juiz deu falta, quem vai rever o lance e decidir, ja que a regra é tudo, menos clara?. Lances de impedimento, lances em que há dúvida se a bola entrou, penaltis onde não se sabe se foi dentro ou fora da área (como no Brasil e Espanha em 1962), e até o gol de mão do Henry poderiam e deveriam ter a ajuda do olhar eletrônico. Nos lances em que o arbitro apita falta ou penalti e nas decisões disciplinares, dar ou não cartão, expulsar ou não um determinado jogador, acho que o juiz deve continuar sendo soberano. No futebol brasileiro, onde até bola pela lateral gera discussão, o uso indiscriminado da tecnologia inviabilizaria o esporte. O futebol americano tem uma dinâmica completamente diferente, o jogo para a cada dois minutos, com ou sem polêmica de arbitragem. Então o uso da tecnologia não influencia no andamento do jogo. Além disso, lá o time prejudicado é que pede a revisão da jogada e pode sofrer punições se a decisão for mantida. Algum mecanismo semelhante deveria ser adotado, senão nessa terra de chorões, onde ninguém perde porque o adversário foi superior, o jogo duraria umas oito horas!

  30. Renato

    professor de Deus!!! Tenho certeza que nunca deu um chutinho numa bola. Deve ser daaqueles torcedores fanáticos que acreditam em tudo que a imprensa fala e não tem o minimo conhecimento do que realmente acontece dentro de um jogo. Vai jogar video game!!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: