Advertisements

Coluna do Fiori

fiori4 

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.br   Email: caminhodasideias@superig.com.br

apito

ÁRBITROS E PHD

Após ser atingido por gripe que me derrubou por quinze longos dias, tentarei voltar ao normal tanto no Blog do Paulinho, quanto no site MSM.

Fiquei alegre, no decorrer da semana encontrei com um ex-árbitro, batemos longo papo sobre a atualidade de nossos árbitros comparando com nosso tempo.

Disse-me então o ex-árbitro, que solicitou para não aludir seu nome, “Fiori: tenho acompanhado suas opiniões, permanece o mesmo, sempre brigando pela aproximação de todos no caminho da retidão, você comprava a briga e ia em frente, enfrentou muitas feras, árbitros, dirigentes, jornalistas e políticos em nome da moralização e do reconhecimento de nossa categoria.”

MALUCO

“Lembro que Farah nunca te dominou e chegou a proibir sua entrada no prédio da FPF, você o encarou nunca se curvou ou implorou escalas, foi maluco de verdade e com verdade, jamais se curvou, pulaste alambrados em defesa de todos, se prejudicou, jamais traiu seus ideais.”

“Estou torcendo por você, lembro que dias destes ouvi em uma rádio que o árbitro Evandro Roman é PHD na função profissional que exerce, no entanto é fraquíssimo como árbitro.”

De imediato lhe lembrei:

“Você se recorda do Álvaro Pereira, aquele de cabeça branca que não saia da cola do Astolfi, foi diplomado árbitro ouvinte por ter idade aquém das exigências da escola, o mesmo dizia:

Os árbitros deveriam ter diploma universitário e serem independentes financeiramente.”

Em meu jeito de ser contrapunha para o referido: Pare com estas baboseiras, antes de tudo o árbitro deve saber arbitrar, ter caráter e, ser probo.

Não adianta ter diploma universitário, ter dinheiro sendo ao mesmo tempo devasso traidor das vísceras do povo e dos colegas de função.

Os maiores estelionatários do país são diplomados nas instituições universitárias

Posteriormente, tomamos o famoso cafezinho, nos despedimos e cada um caminhou pro seu lado.

Chegando a minha botoeira, reprisei a conversa tida com o antigo árbitro, no momento da citação que o árbitro Evandro Roman é PHD em sua função profissional, rememorei que os árbitros de futebol, não são reconhecidos como profissionais.

AFIRMAÇÂO

Sou contra a oficialização da ocupação, salvo se bem formalizada ensejando punição aos abjetos que vierem a abjurar o arquitetar da decência, caso oposto, a bandalheira se fará presente.

Antes de tudo o árbitro deva ser fiel representante das leis do jogo, ter caráter, saber resolver o fato no momento, ter consciência que a teoria na pratica não funciona.

Romualdo Arppi Filho em meu entendimento tecnicamente o melhor árbitro brasileiro e um dos melhores do mundo, não concluiria qualquer sabatina formalizada pelos denominados fenômenos de teorias.

O falecido Dulcidio Wanderley Boschilia, decidido em seu determinar, jamais finalizaria qualquer avaliação.

No entanto, Emidio Marques de Mesquita, Evandro Romam e vários outros a concluiriam com votos de louvor.

Tenho como conceito que na maioria das atividades a pratica supera a doutrina, principalmente nos momentos complexos.

O PÉSSIMO EXEMPLO DA ATUALIDADE DE NOSSOS ÁRBITROS

No sábado 01 de agosto de 2.009 ocorreu à partida:

Juventude x Vasco da Gama

Árbitro: Wilson Luiz Seneme (FIFA-SP)

Aos cinco minutos de partida Ramon, atacante do Vasco, adentrou a área da equipe catarinense tropeçando no vazio, de súbito Seneme assinalou a falta pênalti, cobrado por Carlos Alberto abrindo o placar a favor da equipe vascaína.

Aquém da marcação indevida do pênalti, Wilson Luiz Seneme pecou na parte disciplinar, foi peitado por atletas e, nada de tomar posição.

Tinha Seneme quão independente, ou seja, díspar do jeitinho de ser dos árbitros brasileiros.

Porem, após seu retorno ao quadro da FIFA, Seneme me parece ter se acaçapado aos hábitos e costume da grande maioria dos árbitros brasileiros do passado e do presente.

JUSTIÇA

Espero que os membros do tribunal que estão a julgar o caso da Máfia do Apito venham a se conscientizar dos estragos executado pelos agressores da lei e das entranhas de nossa gente.

O absolver dos citados será incentivo na desacreditada justiça deste pedaço de chão.

UNIFORMES

Quanto aos uniformes tenho visto que em algumas partidas goleiros usaram roupas com cores idênticas às usadas pelo árbitro, estes não tomam nenhuma providencia.

A lei diz que: deve o goleiro usar vestimenta diferenciada dos demais atletas e do árbitro, em caso de igualdade nas cores a troca será determinada pelo árbitro, cabendo ao goleiro efetuar a troca de camisa.

Até neste aspecto os árbitros estão se fazendo de migué, ou seja, nada vêem ou fingem que não enxergam.

É por estas e outras situações que ao meu tempo costumava virar a mesa, esta faltando alguém de peito, que não vise somente às escalas, antes do árbitro creio que esta o cidadão que deve respeitar e ser respeitado, no hoje grande parte dos árbitros visa somente o vil metal, carência altruísmo.

TESTES REALIZADOS PELA CEAF-SP

Os árbitros federados passaram por prova escrita, elaborada pelos membros da comissão presidida pelo homem das mil e uma utilidades, que proibiu os árbitros de receberem qualquer mino num claro demonstrar da falta de confiança em seus comandados.

Tenha certeza, se fosse ao meu tempo os receberia, entendo que todo aquele que se curva diante de grandezas ou ninharias é desprezível.

Nunca aceitei imposições ou desconfiança, sou o que sou nascido e criado em lar humilde tendo a frente um marceneiro e uma senhora de prendas domesticas.

Fui educado para não meter a mão no alheio, não ser invejoso, respeitar e ser respeitado, porém, se afrontado, meu reagir é na altura do agravo ou, além disso.

NOTA PARA A PROVA

Para o evento a comissão considerou como base a nota sete, quem menos tirasse ficaria fora de todas as categorias, a saber: Ouro-Prata e outros metais menos valiosos.

Ao termino, os “doutores” componentes da banca resolveram amenizar a nota base passando de sete para cinco, num claro demonstrar da ineficiência dos professores quando das aulas ou daqueles que elaboraram a prova.

Portanto ao meu entender ficou latente a ineficiência do corpo docente da escola de árbitros da FPF e dos componentes da comissão que se julgam senhores do saber.

POLITICA

No Brasil temos os quatro homens mais puros e éticos do planeta terra: O “braço curto” que pouco produziu e muito agitou, Renan Calheiros, Fernando Collor de Melo e José Sarney.

Com isto Top, top em todos nós.

Acorda Brasil

SP-16/08/09

Facebook Comments
Advertisements

17 comentários sobre “Coluna do Fiori

  1. ANDRADE NETO

    OLÁ FIORI, TUDO BEM? OUTRO DIA VI O OSCAR ROBERTO DE GODOY DIZENDO QUE VOCÊ É UM IGNORANTE E VIOLENTO. QUE VOCÊ É CAPAZ DE MATAR QUALQUER PESSOA QUE SE OPUSER ÀS SUAS IDÉIAS, POIS ANDA ARMADO E É EX-POLICIAL. NO ENTANTO, PERCEBO NO SENHOR UM SUJEITO ÍNTEGRO, HONESTO, E NUNCA O VERIA COMETENDO TAIS ATROCIDADES. GOSTARIA, POR OBSÉQUIO, QUE O SENHOR ESCLARECESSE ISSO. MUITO OBRIGADO.

  2. Cléber Kimura

    Uma coisa é escrever aqui, no conforto do seu lar. Outra é tomar decisões rápidas dentro de campo…
    Lembro de você apitando, era um árbitro mediano e bem caseiro. Agora quer se passar por arauto da retidão.
    Vou começar as soltar aqui umas histórias de bastidores suas que eu conheço, mas com certeza serei censurado…

  3. ANDRADE NETO

    FIORI, O SENHOR FOI DESAFIADO PELO CLÉBER KIMURA. O QUE O SENHOR FARÁ AGORA, FIORI? NOS REVELARÁ QUAIS SERIAM ESSAS HISTÓRIAS DE BASTIDORES OU CHAMARÁ PARA UM HONROSO E DIGNO DUELO O SENHOR CLÉBER?

  4. euclydes zamperetti fiori

    Cléber Kimura:

    Faço um desáfio a você, marque hora e local, se possivel na porta de sua entidade sindical ou na cooperativa uma vez q. ambos ocupam o mesmo prédio , ou seja, SAFESP e COAFESP.

    Sempre fui árbitro mediano + nunca fui covarde ou caseiro como foram e são varios árbitros de hj e de ontem, talves vc seja um deles.

    Topo o desáfio + perssoalmente com dia e hora marcado, tenho certeza q. este ñ é seu nome.

    Seu porco, dentro do campo sempre tomei decisões quer pra um ou outro lado e quando as tomei nunca voltei atras.

    Saiba q. oq aq posto digo em todos os locais, se quizer um papo ao vivo topo a qualquer hora e dia desde q. marquemos com antrecedencia, sou velho, porém, ainda tenho que trabalhar mesmo tendo tendo idade para aposentar-me, saiba q. este espaço é por mim ocupadp e meu RG é de São Paulo, tenho residencia fixa e ando por todos os bairros , nada temo e nada temerei.

    E + mande e-mail para o paulinho se topar poderemos fazer debate pela rádio do site Midia Sem Média ou em local previamente estabelecido.

  5. euclydes zamperetti fiori

    Caro senhor
    Andrade Neto,

    grato por sua indagação, sobre a mesma lhe afianço que jamais cometi atrocidades,acredito qa. as palavras q. o senhor afirma terem sido ditas pelo Godoy ñ foram no sentido depreciativo ou acusativo, acredito q. queira ter dito q. nunca temi a nada e a ninguém.

    Tanto quanto o senhor e grande parte de nosso povo procurei e procuro caminhar na paralela + proxima da honestidade.

    Quanto ao discordar de minhas teses, as aceito, desde q. baseadas em algo real.

    Volte sempre

    zamperetti fiori

  6. Luiz

    Que legal, poderia chamar a globo pra filmar o duelo, vai ser maravilhoso, tipo o far-west caboclo. kkkkkkkkkkkkkkk

  7. euclydes zamperetti fiori

    Luiz,

    Se o senhor votou no braço curto espero q. ñ + o faça,
    quanto ao top-top, tanto os q. nele votaram quanto tods nós nos f…..

    Ele formatou um bando de canalhas e aproveitadores.

    zamperetti fiori

  8. euclydes zamperetti fiori

    Cléber Kimura,

    mande e- mail para paulinho@terra.com.br, marcando dia e hora aceitando meu desáfio para apresentar pessoalmente suas denuncias quanto ao meu procedimento enquanto árbitro de futebol.

    Saiba q. este espaço é pequeno, ficaremos divagando e ao nada chegaremos, vc sabe q. o onus da prova é de quem acusa + toparei ouvi-las, desde q. fundamentadas.

    Faça-o com aapresentação de provas e com os documentos originais de sua pessoa.

    No dia acertado, lá estarei e levarei meus documentos, tudo que encontra-se em meu livro eu os provo e oq aq posto, assumo.

    Todos sabem meu paradeiro eq. meu nome é verdadeiro, ñ vale fazer oq fazem os Mallufs e outras figurinhas carimbadas q. acusadas de terem dinheiro desviado no exterior dizem ñ ter + colocam advogados para se defender.

    zamperetti fiori

    cidadão e,
    ex-árbitro de futebol

  9. euclydes zamperetti fiori

    Senhor Andrade neto,
    meu desáfio é colocar meus antecedentes enquanto árbitro de futebol a disposição do ministério publico estadual ou federal, lhe garanto nada encontrarvão, falar oo demonstrar inverdades é com gentalha, tudo q. esta em meu livro provo eq posto aq, é o emu opinar + dentro de uma realidade.

    Saiba o senghor q. pensei ser uma pessoa de bom senso, porem, após estas suas colocações já estou com outro pensar.

    Meu duelo é demonstrar a verdade e os fatos ñ podem ser desmentidos,
    nada de falsas colocações deve ter dia, partida e tods os demais acontecimentos q. a envolvem, como os assistentes, ou seja, os antigos bandeirinhas e o delegado da presidência, sem muitos elementos nada será verdadeiro e + já postei que o tal cléber kimura podera marcar di8a e hora conforme o senhor pode ler no acima.

    zamnperetti fiori

  10. euclydes zamperetti fiori

    Para todos,

    As respóstas acima estão com muitos erros, porém, os objetivos das mesmas devam ter sido entendidos

    abraços, tenham ótima noite

    zamperetti fiori

  11. ANDRADE NETO

    SR. FIORI, EM NENHUM MOMENTO OUSEI DESRESPEITÁ-LO. SAIBA QUE O MEU PEDIDO DE ESCLARECIMENTO TANGE À FORMA BRUSCA PELA QUAL O SR. CLÉBER KIMURA ENVOLVEU O NOME DO SR. EM SUPOSTAS HISTORIETAS. O DUELO A QUE ME REFERIA SE TRATAVA DE UM DUELO VERBAL, A BEM DO ESCLARECIMENTO DA VERDADE, COMO BEM O SR. PROPÔS. NÃO FAÇA MÁ IDÉIA DE MIM, SR. FIORI. APENAS QUERIA SABER A VERDADE QUE PODERIA ESTAR POR TRÁS DAS ACUSAÇÕES DO SR. KIMURA, SE É QUE EXISTEM VERDADES OU SÃO MEROS BLEFES. BOA SEMANA A TODOS.

  12. euclydes zamperetti fiori

    Caro senhor
    Andrade Neto,

    Grato pelo esclarecer, quanto as colocações de cléber kimura, estou a disposição, porém, como diz o bom senso os fatos devam ser levados com base ñ em ficções, minha vida enquanto árbitro de futebol a coloco a disposição de todos, inclusive da justiça.

    ,Tenha o senhor absoluta certeza dq. sempre trombei com pessoas dos varios seguimentos de nossa vida nunca cedi e desáfio a provarem o contrario.

    Trombei com politicos, promotores, jornalistas e com componentes da arbitragem de ontem q. faziam o clube dos dez.

    Por este e outros motivos não se renovou o quadro e um dos lideres desta obstrução a renovação foi José Assis Aragão.

    abraços,
    tenha ótimo dia no trabalho e particular.

    zamperetti fiori

  13. Luiz

    Só extranhei a “afinadinha” em respeito ao que o Godoy supostamente disse do nobre escritor.

  14. euclydes zamperetti fiori

    Senhor
    Luiz,

    Não entendi oq quiz dizer com afinadinha, porém, caso tenhas algumas duvidas sobre meu comportamento em minha vida profissional peço uma gentileza, vá ao órgão superior, apresente suas ponderações e provas, se quizer o acompanho ao citado.

    Sei que o objetivo de grande parte é ver o circo pegar fogo ñ entro nessa, acredite, em minha longa existencia 63 anos jamais corri de algo ou larguei alguem q. comigo estivesse ao léo quer seja nos campos de futebol, em minha vida profissional ou onde quer q. o senhor venha a fazer juizo.

    Quanto a minha função profissional por estatuto ñ posso falar ou tecer comentarios publicamente + a mesma esta e esteve a disposição de meu órgão superior ou dos demais.

    Neste espaço transmito minha opinião dentro da realidade e a meu ver.

    abraços

    Em Tempo:
    Não ouvi os possiveis comentarios de Godoy, repito: Caso tenha feito, oq acredito, vez q. niguém de bom senso colocaria palavras na boca de outrem, o fez no sentido por mim captado, dq. nunca corri de algo e ñ no acusativo, ai a coisa mudara de figura.

    zamperetti fiori

  15. euclydes zamperetti fiori

    Senhor
    Luiz,

    Quanto ao seu colocar citando-me como nobre escritor, tenha certeza dq entendi como sarrista, ñ tenho sua cultura + acredite disputo com o senhor e com quem venha a indicar, quem de nós caminha e caminhou na paralela na proxima da honestidade

    Faça de sua vida uma caminho para união e para a verdade, nunca tente julgar aos demais olhando-se no espelho.

    Desejo ao senhor e aos seus ótimos dias.

    zamperetti fiori

  16. euclydes zamperetti fiori

    RETIFICANDO:
    A partida arbitrada pelo árbitro Wilson Seneme realizada no sábado 01 de Agosto de 2.009 ocorreu na cidade de Caxias do Sul no estado do Rio Grande do Sul, quando se enfrentaram:

    Juventude x Vasco da Gama

    Erroneamente postei como sendo o adversario da equipe da casa o
    Guarani da cidade de Campinas, situada no estado de São Paulo.

    zamperetti fiori

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: