Por JUCA KFOURI

http://blogdojuca.blog.uol.com.br/

Muita emoção, nenhuma tensão no Beira-Rio.

Chances de gol houve 11, todas para o Inter.

Que aproveitou sete impiedosamente, só no primeiro tempo.

Aos 6, 14, 17, 22, 32, 39 e 43 minutos.

Com Magrão, Taison, Nilmar, Nilmar, Guiñazu, Magrão e D’Alessandro.

Inter campeão invicto!

Campeão dos dois turnos!!

Campeão por antecipação!!!

Bicampeão gaúcho no ano do centenário!!!!

No segundo tempo, com indigestão, o Inter permitiu um gol ao Caxias: 7 a 1.

E fez mais um, aos 42, com Álvaro: 8 a 1.

Te basta, tchê?!

Em tempo: lembremos que, no ano passado, no mesmo Beira-Rio e diante do outro time de Caxias do Sul, o Juventude, o Inter foi campeão com uma goleada pelos mesmíssimos 8 a 1.

Pouca emoção, muita tensão no Maracanã.

Chances de gol, no primeiro tempo, houve apenas duas, ambas para o Botafogo.

Na primeira, Victor Simões arrematou muito mal.

Na segunda, Maicosuel mandou na trave.

Mas, no segundo tempo, mais ofensivo, o Flamengo, aos 17, fez 1 a 0, depois que Fábio Luciano cabeceou e Emerson cortou contra o próprio gol.

Com méritos, o Flamengo ganhou a Taça Rio e se habilitou a disputar as finais do campeonato para tentar ser tricampeão pela quinta vez.

Por pouco, aliás, não ganhou de 2 a 0.

E com Cuca no banco, ao lado do gramado.

Ao ficar no 0 a 0 nos Aflitos diante do Náutico, o Sport reconfirmou sua hegemonia em Pernambuco e foi campeão antecipadamente ao ganhar também o segundo turno.

Invicto, diga-se!

Agora é pensar só na Libertadores, porque tem Colo-Colo pela frente na quarta-feira.

Facebook Comments
Advertisements