Advertisements

Aprendiz de INCAPEZ

O promotor Paulo Castilho tem demonstrado que aprendeu bastante o ofício com o antecessor.

O negócio é aparecer na mídia.

Depois, se possível, tentar a carreira política.

Suas últimas decisões têm sido lamentáveis.

O oportunismo ao insinuar que o atleta Cristian, do Corinthians, poderia ser preso pelo infeliz gesto na partida contra o São Paulo, pelo qual ele até já se desculpou, demonstra toda a sua incapacidade para exercer o cargo que ocupa.

É mais um que utiliza-se da polícia para fins particulares, no caso, a autopromoção.

Tudo é motivo para dar entrevistas.

Seguindo a cartilha de seu professor, virou amigo das organizadas.

Recebem dele proteção especial.

Como aparecer pouco é bobagem, tratou de mandar um juiz e um promotor para acompanhar o Palmeiras no Recife.

É claro, avisou seus amigos jornalistas, para que pudesse, novamente, ser o centro das atenções.

Depois de tudo isso, ter passado o carnaval no camarote da BWA, empresa investigada pelo departamento que trabalha, virou café pequeno.

O sucessor parece estar querendo superar o mestre.

Uma verdadeira proeza.

Facebook Comments
Advertisements

17 comentários sobre “Aprendiz de INCAPEZ

  1. Luís Carlos

    Acrescente à lista de aparecidos o delegado da 23ª DP – Perdizes (?) -, Antonio Carlos Barbosa, que não tem nenhum crime pra investigar.

  2. Carlos

    O gesto do Christian merece ser punido. Não tem o porquê de jogador de futebol provocar a torcida adversária. Todo mundo sabe que é o torcedor que “paga o pato”, pois sempre tem trogloditas imbecis que irão querer se vingar. Mais como a justiça no Brasil é pra lá de lenta, não vai dar em nada. E pode ser que no próximo clássico, outra provocação venha, algum torcedor morra e aí vai ser aquela correira de promotor, dirigentes, polícia – mas que não vai dar em nada, já que em duas semanas todo mundo esquece. Só que vai ter alguma mãe que vai perder seu filho(a) porque este (a) foi ao estádio se divertir e foi agredido covardemente porque um jogador provocou a torcida rival. A violência no futebol começa com as pequenas provocações, tanto de dirigentes, como também da imprensa e de jogadores.

  3. Claudia

    Valeu Paulinho, assim como aconteceu com o Argentino que saiu algemado por ofensas ao Grafite, que aliás se arrepende e disse ter sido manipulado, vem essa palhaçada com o Cristian, acho que ta faltando crimes aqui no Brasil, para esse idiota se preocupar com jogador de futebol. Abçs

  4. Paulo Luciano da Silva

    Paulinho. É um absurdo, como brasileiro me sinto desrespeitado.

    Mas ainda bem que em São Paulo não tem violência, não tem estupros, não tem sequestradores, não tem gente sendo assaltada quando passar de carro pelas ruas, não tem mortes, não tem roubos, parabéns ao MP de São Paulo e a sua Policia, com quase nada para fazer, é compreensível pegar uma coisa tão insignificante e sem propósito e abrir um inquérito, só para aquecer o efetivo, que como não tem o que fazer.

    Com uma cidade como essa, até sei por que a Suíça esta querendo emancipar São Paulo e anuncia-la como mais uma de suas “províncias”.

  5. Delduque Amaral

    Sei não. Já vi um promotor e um procurador do TJD indiciar um jogador pelo fato dele ter ido comemorar um gol na frente da torcida adversária. No futebol da FPF tudo é possivel.

  6. Jonas

    Para voce que gosta de uma denuncia:
    O Promotor Paulo Castilho, quando ainda cursava faculdade, era(e acho que continua sendo) São Paulinho, sendo que jogou nas categorias de base do clube por um longo tempo. Em tempo: Era Zagueiro.
    Sei disso pois frequentei a mesma faculdade que ele.

  7. Luis Fontes

    Afe, Paulinho, pelo menos uma opinião coerente…. pensei que vc iria querer o Cristian atraz das grades por 2 décadas pelo que ele fez…

    Tente continuar assim, sem perseguições infundadas… vai ser melhor para a sua carreira..

  8. Cauê

    Até que enfim, concordei em partes com vc…concordo que ele quis realmente aparecer…porém é ridículo tratar o promotor Fernando Capez…um dos melhores doutrinadores penalistas do Brasil, grande estudioso, sempre exemplar aluno e professor, dentro os melhores do Brasil, se você for tratar sobre o meio jurídico respeito com os mesmo…pois Fernando Capez, muito jovem se destacava com uma lenda do direito penal, fato confirmado nos dias de hoje….mais respeito Sr. Paulinho!!!

  9. pedro geraldo

    Ontem no intervalo da partida Plameiras x Sport, ele apresentou outra “denúncia”, foi “informado” pela Dragões da Real, que a torcida palmeirense iria agredir os torcedores do sport. Falou em extinção da “organizada” palmeirense. A pior coisa que pode haver na vida o preconceito. E o futebol tem todos. “marginaizinhos” há em todos torcidas, e torcedores sem discernimento da verdade também.

  10. pedro geraldo

    Ontem no intervalo da partida Palmeiras x Sport, ele apresentou outra “denúncia”, foi “informado” pela Dragões da Real, que a torcida palmeirense iria agredir os torcedores do Sport. Falou em extinção da “organizada” palmeirense. A pior coisa que pode haver na vida o preconceito. E o futebol tem todos. “marginaizinhos” há em todos torcidas, e torcedores sem discernimento da verdade também.

  11. JORGE

    ESSE VAGABUNDO DO CASTILHO VAI SOFRER UMA RETALIAÇÃO BEM PESADA…
    ESSES CARAS QUE NÃO BRINQUEM COM O CORINTHIANS…

  12. Antonio

    É o gol feito naquele minuto, naquele Pacaembu, contra aquele time; é isso o que querem punir. É isso que a midia tricoflor não suporta.

    Do gesto propriamente dito a maioria esmagadora da torcida são-paulina “adorou de paixão” kkk kkk kkk kkk kkk

    Chororô de xxxxxx é phoda…

  13. Gláucio

    Por falar em 23º DP e o caso do gás? E por falar em polícia, e o caso do aeroporto com o VL?

  14. machado

    OCristian errou ao fazer o gesto e deve ser punido dentro da esfera desportiva e só.
    Isso é tremenda falta do que fazer. Com tanto bandido solto. Inclusive dentro do Corintians.

  15. José Roberto da Silva

    O que eu acho engraçado nessa estória é que por ter cedido 10% dos ingressos ao crube da marginal sem número o sanches acusou o Juju de incitar e causar violência no final do jogo e a polícia numa atitude certíssima meteu a borracha na corja.
    O gesto do singelo do cristian deve sim sofrer punições nas esferas esportiva e criminal sim pois incitou violência.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: