Advertisements

Proibido mostrar a verdade

Lamentável a postura do governo brasileiro que colabora para cercear jornalistas que trabalham em busca da verdade.

O presidente Lula, outro que tem medo, assinou um projeto de lei que impedirá que profissionais da imprensa possam apresentar para a população gravações e provas que tem o intuito de dar credibilidade a reportagem.

A intenção de censurar o trabalho de informação é clara.

Temem que suas ações obscuras continuem sendo divulgadas para a população.

O governo Lula é uma ditadura travestida de democracia.

Formada por mensaleiros e covardes seguidores do poder corrompido.

Que por anos discursaram a favor da democracia e contra a opressão e o sistema que dificultava o crescimento país.

Mas que quando entrou no poder tratou de se juntar aos porcos e agir como os abutres.

Falo por mim e não pela imprensa.

Se tiver uma prova contundente de crime ou desvio de conduta não me furtarei a publicá-la.

Independente do que for decidido pelo Congresso.

Não respeito a censura e muito menos quem pretende introduzi-la a fórceps maquiando-a com discursos demagógicos.

Anos de luta não podem ser jogados no lixo por um decreto covarde de um presidente que também tem medo.

Resta saber qual o intuito e a quem querem beneficiar com esse absurdo.

Esse sim o “X” da questão.

Facebook Comments
Advertisements

18 comentários sobre “Proibido mostrar a verdade

  1. Giuli

    Pais ignorante que elegeu um presidente bebado ignorante e sem um dedo !! Deveriam ter pensado antes….algo como essa ridicula eleicao em SP onde os 4 favoritos sao bandidos com atestado !!

  2. Pedro Pedreira

    Mas você não tem com o que se preocupar, afinal você nem é jornalista formado.

  3. euclydes zamperetti fiori

    Senhor Giuli a falta de dedo na mão do braço curto, ao meu entender ,foi provocada e anesticiada com antecedência, ele pouco trampou, sempre enganou, se aproveitou de um regime ditatorial corrupto e falido com o tempo, este regime ao meu angulo de visão, desviou de seu cronograma quando da mal explicada quéda do aviaõ no qual encontrava-se Castelo Branco, ali falecido.
    Acorda, Brasil.

  4. geraldo c araujo

    A bem da verdade, diga-se que o projeto de cerceamento da liberdade de imprensa não saiu da mão do Lula, mas sim do ministério da justiça, cujo titular atual provoca saudades até mesmo do Armando Falcão, um dos maiores liberticidas que o Brasil já conheceu. Nelson Jobim – o homem que contrabandeou e infiltrou artigos sem votação na Constituição de 1988 – é o reponsável maior por esse estupro das instituições. A obrigatoriedade da revelação da fonte não foi pedida nem mesmo pelos mais empedernidos inimigos da democracia. Mesmo o “constitucionalista” Francisco Campos (o “Chico Ciência”) não ousou inserí-la na “Constituição Polaca” de 1937, que foi outorgada, sem passar pelo crivo do Congresso. Assim se desnuda a real e verdadeira face do regime implantado no Brasil sob o pretexto de fazer voltar ao país o império da ética, da decência e do respeito aos cânones da moralidade. É o strip-tease final do petismo. E não resta dúvida de que, se aprovado pelo atual congresso do hímen complacente, receberá a jubilosa sanção do presidente da república.

  5. kakashi

    É isso aí.Continuem votando no Lula, como muitos fizeram(graças a Deus nunca votei nele por achar que tem cara de 171)..BURROS!

  6. Leopoldo Alves

    É imprescindível contrapontos e algumas reflexões:-
    Quando o Poder Executivo – o Presidente sanciona uma Lei, é porque ela já foi votada e aprovada pelo Poder Legislativo – os Parlamentares do Congresso e Senado Federal. O Presidente da República pode vetar, se quiser, mas há pressão dos partidos aliados e do próprio Poder Judiciário, sob pena de ter a pauta trancada e as votações de interesse nacional ficam paralisadas, sem contar ainda, as tão conhecidas barganhas para se votar “com o Governo”. Fica assim, o Presidente Lula “engessado” pelo lobby, ou melhor, pelos lobos.

    Um advogado grande amigo meu, me explicou que se cria uma Lei depois que acontece um fato. Assim se deu no Poder Judiciário com o Ministro do Supremo Tribunal – Gilmar Mendes, quando teve seu telefone grampeado.

    Quando se faz uma investigação de crimes que envolve uma grande “Organização”, como é a do Caso Daniel Dantas, tudo corre em “segredo de justiça”, até que se tenha sustentação para ser indiciados. Como toda polícia, a Federal transgrediu as questões éticas e disciplinares da própria instituição, à revelia, como se fosse poder absoluto. Faltou o equilíbrio e bom senso.

    A informação e o conhecimento quando não são compartilhados, não tem serventia alguma. Se compartilhados, no caso da imprensa – publicados, tem que estar cravados na ética e no comprometimento com a verdade dos fatos. Tem que ser imparcial e justa. É fato e não é segredo para ninguém, que NÃO é assim que funciona no Brasil, basta voltar neste mesmo blog e reler a matéria postada em 15/09/2008 – JORNALISMO DE VERDADE vs JORNALISMO DE FACULDADE, que já acusa a má qualidade do profissional desde sua formação, quanto as intenções do Governo Lula, essa mesma matéria já faz muitos contrapontos na própria afirmação do blogueiro.

    A democracia no Brasil é muito recente, e sua prática é por conta de minorias. Ainda vivemos num País que explora o trabalho escravo, que não respeita suas crianças, nem reconhece seus idosos. No norte e nordeste ainda impera o “coronelismos”, cheguemos mais perto, até mesmo no interior do Estado de São Paulo.

    Precisamos avançar muito ainda. Penso que ainda não será neste Governo, mesmo tendo ele feito o possível para uma sociedade mais igualitária. Infelizmente, como todo segmento, alguns políticos se corromperam ao saborear o poder e abriram mão de seus propósitos e ideiais e se perderam na vaidade dos seus podres poderes. Colocar qualquer instituição, principalmente a partidária, como unânime na sua formação de conduta e caráter, fica tendencioso, portanto, imoral e injusto para todo o coletivo.

    Não dá para condenar sem refletir e ponderar. Gostando ou não, para se viver e conviver na sociedade, é preciso regra, disciplina, senão a gente nunca fica sabendo se foi pênalti ou falta. Cada um tem que saber seu limite e sua responsabilidade, dever e direito. Lembram-se do caso do Dep. Ibsen Pinheiro? Pois é, para não ter prejuízo com os milhares de exemplares da revista, a VEJA publicou com um zero a mais no valor de um “suposto ” pagamento de propina ao então Presidente da Câmara dos Deputados. Fim de carreira e falência financeira e moral de um bom político. Tão bom, que 20 ANOS DEPOIS, a mesma revista Veja publicou uma matéria que pedia timidamente “desculpas” ao Ibsen, onde o jornalista Luiz Carlos – Lula como é conhecido, tentou justificar que houve um mal entendido e não podia fazer mais nada. Simples, né? Em seguida ao ocorrido, ele foi convidado para assumir a Chefia de Comunicação no Congresso Nacional. Deve ter sido o prêmio.

    Por essas e outras, a necessidade de avaliar fatos e conjunturas, e já que fiz a análise de cima para baixo ao começar pelo Governo Federal, quero fazer a inversão: SE O ELEITOR – O POVO, não tiver consciência e responsabiliddade na hora de ESCOLHER seu candidato, vai continuar reelegendo políticos que fazem e votam a Lei num efeito bumerangue: POVO = VOTO: VEREADOR – PREFEITO – DEPUTADO – SENADOR – PRESIDENTE = POVO.

    Cabe a cada um fazer sua auto-crítica e mea-culpa, além de pesquisar sobre os canditados na hora de votar, porque depois NÃO ADIANTA RECLAMAR DESSA OU DAQUELA LEI, DA CORRUPÇÃO, e para não correr o risco de ser apenas mais um larápio que vende/troca seu VOTO por PÉROLAS, que ele (eleitor) mesmo ALIMENTA OS PORCOS.

    REFLITAM!!! Fica aberto o debate.

  7. euclydes zamperetti fiori

    senhor Leopodo Alves se vcs pentelhos fossem honestos, ñ espalhariam como fazem funcionarios comissionados nas prefeituras q. administram, fora isto varios destes ” trabalham” em um municipio e são moradores de outro, chegam as segundas feiras e se vão as sextas, ficam hospedados em hotéis e o dinheirinho de nossos impostos é usado tb neste item.
    Pô chega de sacanagem e hipocrisia, vão enganar outros, meu saco com vcs esta cheio, e fim de papo.
    Acorda, Brasil

  8. euclydes zamperetti fiori

    Quanto a corrupção vide mensalões e mensaleiros.
    tenho 62 anos de vida, sempre trampei e trampo, faço-o cumprindo minha obrigação enquanto cidadão, porém, me dá louca vontade de terminar meus dias roubando ou enganando como fazem grande parte de vcs, te liga,
    Acorda, Brasil.

  9. juliano

    Vamos tirar este analfabeto arrogante de nossas vidas…….Ditadura branca é pouco…….farra com dinheiro público e o povo achando ótimo

  10. emerson lima de sousa

    o kassab vem de um partido bem democratico(hahaha) o PFL(DITO DEMOCRATAS)veja só o que essa desgraça pro país já fabricou:
    Antonio Carlos Magalhães que soltou a seguinte peróla:
    ”há dois tipos de jornalistas aqueles que vão atrás da noticia e aqueles que vão atrás do dinheiro,vc deve saber para qual deve-se dar dinheiro”
    jorge bornhauser,amante do fascismo gosta de falar bobagens para defender seu grupo político: a burguesia
    kassab:cria de Maluf e Pitta dois icones da”moral”
    Naõ tenho recibo para defender o Lula mas infelizmente tem gente que vc não critica que é pior!
    o Lula é muito criticado por não ter formação.

    o que esses ”fantasticos intelectuais” fizeram para o país ?
    não é muito inteligente esse tipo de preconceito ,não é ?

  11. Ricardo

    Infelizmente o processo de divulgação de escutas telefônicas foi um desvio encontrado pela imprensa e alguns setores da PF para apressar processos contra os corruptos poderosos através da pressão do clamor popular, pois os mesmos se utilizam de recursos sem fim para protelarem seus processos judiciais. Com o advento de novas tecnologias e a penetração da internet as gravações comprometedoras dos corruptos são divulgadas em tempo real fazendo com que nem eles e nem a Justiça consigam controlar o processo. Baseado nisso, forçaram o Lula a assinar esse tipo de decreto.

  12. Giuli

    ate jogador de futebol chama o presidente de bebado ou manda ele ir pra argentina…onde ja se viu..?? Um presidente que nao se da o respeito nem com atletas analfabetos, sera respeitado por quem ???

  13. Giuli

    E outra tem que botar escuta mesmo, esse Gilmar Mendes eh um dos maiores bandidos desse pais, tanto que se borrou de medo de uma escuta, de alguem saber o verdadeiro motivo por tras da soltura do Daniel Dantas….!! Esse pais ja esta condenado…vejam por exemplo o que faz diariamente o corinthians, e ao inves de alguem impugnar os bandidos que la estao, temos desembargadores atuando ao lado dos bandidos, assim como na presidencia !! O Brasil me parece ainda ser uma colonia de piratas, maldita hora que os portugas nos colonizaram, basta ir a Europa e ver o estado de Portugal para com o resto da Europa, deprimente !!!

  14. Vinicius Duarte

    1 – A lei foi proposta (e aprovada) PELO CONGRESSO NACIONAL; você já perguntou ao SEU DEPUTADO/SENADOR como ele votou a lei?

    2 – Se aqui fosse uma “ditadura” você não teria como escrever aqui;

    3 – Se a lei for aprovada e sancionada, sua “insurgência cívica” anunciada será considerada crime, e você estará sujeito às penas da lei;

    4 – Goste ou não, as leis estão aí para serem cumpridas. Quem fala em democracia não pode, ao mesmo tempo, falar em desobedecê-las, pois democracia sem respeito às leis não existe.

    5 – Sobre “censura”: se a jornalista da “Folha” não tivesse publicado aquela matéria sobre a operação Satiagraha, provavelmente Daniel Dantas e sua corja estariam presos até hoje. Imprensa irresponsável é tão ruim quanto Congresso irresponsável ou Executivo irresponsável.

  15. Thiago

    Se é pelo voto ao Lula, agradeço, votei nele, tenho verngonha alguma nisso.

    A lei não foi proposta pelo Lula, mas o blogueiro a fim de perseguição, e por pura desinformação, leva o intuito da imprensa marrom, de desinformar.

    Peço ao blogueiro que va lá no blog do Juca e veja o que ele postou.

    Repete-se o que Vinícius Duarte escreveu:
    5 – Sobre “censura”: se a jornalista da “Folha” não tivesse publicado aquela matéria sobre a operação Satiagraha, provavelmente Daniel Dantas e sua corja estariam presos até hoje. Imprensa irresponsável é tão ruim quanto Congresso irresponsável ou Executivo irresponsável.

  16. Carlo Nunes Mossi

    Curioso,
    Quando você, Paulinho, me impede de responder a uma citação sua a respeito de nossa empresa é normal. Já quando a coisa vira para seu seu lado, aí é “lamentável”…

    Faço meu seu comentário a repeito de sua oposição à minha resposta: “Resta saber qual o intuito e a quem querem beneficiar com esse absurdo.”

    Para finalizar: não tenho nada contra você e seu direcionamento, apenas não aceito que sejam levantadas suspeitas sobre minha empresa, sendo que é nosso princípio a ética e a honestidade.

    Use suas fontes e busque algum processo contra ou irregularidade praticado pela Braziline. Verifique nosso cadastro junto ao Serasa, por exemplo.

    Acontece que se temos contrato administrados por pessoas “supostamente suspeitas” nada devemos ou podemos fazer. Isso não nos diz respeito. Não somos sócios, não pagamos mensalidade, não votamos, apenas fazemos nossa parte cumprindo corretamente o contrato.

    Se devêssemos fazer algo, como nos materíamos abertos? Não pagaríamos impostos pois eles seriam roubados, não pagaríamos fornecedores pois poderia estar havendo lavagem, não pagaríamos aos clubes pois o dinheiro seria desvido… o que faríamos???

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: