Advertisements
Blog do Paulinho

Palmeiras, TRAFFIC e Valdívia

 

São pequenas as chances de Valdívia permanecer no Palmeiras.

É só o começo.

Até porque o contrato entre o clube e a TRAFFIC é bem claro.

O Palmeiras virou vitrine da empresa e por isso recebe a comissão de 20% sobre as negociações.

Isso significa que a TRAFFIC sempre pensará primeiro em seu bolso, depois na necessidade do clube e por ultimo no torcedor.

Não tenha duvida de que a intenção da diretoria alviverde é boa.

O clube precisava de títulos e o dinheiro da parceira ocasionou a conquista do Paulistão.

Embora, para isso, agora é obrigado a ficar refém da empresa.

Resta saber quando uma negociação gerar um conflito de interesses como as coisas serão conduzidas.

A favor do Palmeiras ou da TRAFFIC ?

Não tenho duvidas da resposta.

Facebook Comments
Advertisements

21 comentários sobre “Palmeiras, TRAFFIC e Valdívia

  1. Romulo Vagner

    Parece papo de corintiano isso, entretanto jamais compare a TRAFFIC ao MSI meu querido, nao leve lado pessoal de seus amigos intimos em suas analises. Valdivia meu pobre blogueiro nem é de posse da TRAFFIC é totalmente do Palmeiras. Agora se ele vai embora ou nao sao outros quinhentos e valor da multa recisoria dele.

  2. Zeca

    Todos criticam a Trafffic, mas e quanto ao Supermercados Sondas que eh dono de varios jogadores de varias equipes que se enfrentarm ?! Fora que eles nao estao em time grande, qual a diferenca pra Traffic?

  3. Fábio

    Paulinho, vc bebeu?
    O que tem a ver Valdívia e Traffic?
    Valdívia foi comprado pelo Palmeiras ainda na época do diretor Palaia, não tem nada a ver com a Traffic.
    Por favor, se informe melhor antes de postar essas sandices no blog

    Grato

  4. Rodrigo Leme

    O Valdívia é jogador da Traffic desde qdo? Acorda Paulinho!!!!

    Paulinho: Interpretação de texto…eu não disse que ele é da TRAFFIC…preste atenção

  5. Alessandro

    Também, já conseguiram sair da fila, não tem mais pq se preocuparem…

  6. DONIZETE

    Paulinho, como palmeirense eu sempre olhei esta parceria com muita desconfiança. Ela só existe, porque os grandes clubes brasileiros são muito mal administrados.A dúvida que fica é se os caras são ruins mesmo, ou se usam essa má administração, para levar alguns por fora. Agora se vc lançar um olhar critico, a parceria, verá que de todos os jogadores que a parceria trouxe, somente o Diego Souza, o Palmeiras não tinha condições de trazer. Como o Diego Souza não jogou nada, até agora, fica fácil perceber quem está lucrando com ela. Só não entendi, o que o Valdívia tem a ver com isso ? Mesmo porque sem o Valdívia, o Palmeiras vira um time mais que normal.

  7. Cassio

    O Valdivia é uma pedra no sapato da Traffic , ele ocupa uma posição onde o parceiro tem interesse em ter seus jogadores , a comissão do Palmeiras na venda de jogadores do parceiro é de 20% sobre o lucro liquido , não sobre o valor bruto, se fôr vendido o Diego Souza por U$ 4 milhões o Palmeiras recebe U$ 200.000,00 (o jogador foi comprado por U$ 3 milhões).

  8. FABIANO ROCCO

    O futebol é um negócio como qualquer outro, apesar de ser palmeirense, acho normal que a Traffic (sem entrar em juízos de valor), queira auferir lucros (meta de toda empresa no capitalismo).
    Ademais, é incrível como a Imprensa pega no pé do Palmeiras.
    Finalmente o Palmeiras voltou a ser campeão (se livrando da era de mediocridade e ditadura da figura nefasta de …OSTAFÁ CONTURSI) e agora que esse nefasto senhor e seus cupinchas estão na oposição, a Imprensa fica dando atenção a estes plantadores de boatos que só querem prejudicar a atual diretoria do Palmeiras e o próprio clube.

  9. Marcelo Soares

    Paulinho, vc escreveu o texto de uma maneira que é lícito a qualquer um acreditar que vc relaciona o Valdívia como jogador com participação da TRAFFIC. Apesar disso, é bom lembrar que o Valdívia não é “todo” do Palmeiras. No ano passado o Palmeiras criou uma bolsa de investimento para que pudesse levantar algum dinheiro. Criou uma cesta de atletas e colocou o Valdívia lá. Portanto, na hora de vender, boa parte do dinheiro não irá para o clube.

  10. Othon Cocker

    O que pude entender e que vcs dizem que a Traffic esta dando ordens no futebol do Palmeiras, dizendo quem tem que vender, e nao e bem assim, daqui a pouco vou escutar que a Traffic escala o time.

    A Traffic compra jogadores, os valoriza para revender, fora isso e tudo especulacao….

  11. Kai

    O Palmeiras vai vender o Valdívia para pagar parte das dívidas. E a Traffic vai vender mais alguns para obter lucro. Resultado: com esta parceria o Palmeiras vai ter um time novo a cada 6 meses. Coisa natural no Brasil, mas no Palmeiras a situacao ficará pior. Planejamento? Pode esquecer. A Traffic quer lucro a curto ou médio prazo. A tendencia é que a idade média dos jogadores do Palmeiras diminua e que os salários aumentem. Salários estes que o Palmeiras paga. Nao vejo muito sentido nesta parceria, só no comeco. Com o tempo veremos…

  12. Reginaldo Adriano

    pra mim o Valdivia nunca foi da Trafic mais por outro lado os clubes também nunca foram de seus torcedores nem aqueles que se entitulam “FIÉIS”

  13. Ricardo Lopes

    Marcelo Soares, a cesta de atletas tem 20% do passe do Valdívia, então boa parte do dinheiro fica no Palmeiras, capiche.

  14. Álvaro

    O Valdívia já saiu? Ah tá…
    Quem trouxe o Gladstone, por exemplo? Até onde eu sei foi um negócio exclusivamente feito pelo Palmeiras e pelo Cruzeiro. Assim como Alex Mineiro, Kleber, Léo Lima, Élder Granja, Valdívia, Leandro, Marcos, Diego Cavalieri, Deyvid Sacconi, Denílson, Wendel, David e Pierre foram trazidos ou revelados pelo próprio Verdão. Um ou outro é da Traffic e rola esse carnaval todo… E quando o Sonda quiser lucro, vai forçar o Inter a vender Nilmar e Gil?
    Pau que dá em Chico, neste blog, não dá em Franciso…
    P/S> se a Traffic quiser vender o Diego Souza esteja a vontade, sou muito mais o Léo Lima…

  15. Edson Albino Ursini

    Paulinho, acho que a parceria, não tem um lado bom e outro ruim, partindo-se do principio de que parcerias entre empresarios e clubes, no meu entender, é um bem necessário.
    Qualquer hora dessas, as pessoas que entendem ser a parceria um negócio ruim, vão mudar de opinião.
    O grande problema, a meu ver, é que os exemplos de negocios que aconteceram entre empresarios e clubes, sempre terminaram em escandalos.Excessão talvez a Parmalat/Palmeiras.Que deu muito certo.Os demais, nem tanto.
    As gestões desses negocios é que sempre foram muito mal conduzidas, desviando-se do objetivo principal.
    Para dar um exemplo, a politica social do Estado brasileiro,via Inss, é sabidamente perfeita.Só que na pratica, não funciona.É um desastre.Fruto de má gestão.Ou alguem duvida disso? O problema educacional é por acaso diferente? Ou o problema carcerario?
    Então, não sei bem, mas só vemos criticas e nuvens sombrias, quando se fala de parceria.Acho que não é bem assim.
    Imaginar que uma empresa, ou investidores, não visem lucro nos negócios, é de uma infantilidade absurda. Então, é claro que a Trafic vai vender, quando chegarem propostas que atendam os objetivos, como fazem, aliás, os proprios clubes.Não foi assim com o Kaka, com o Robinho, Diego, Romario, Zico, com o Michel e uma infinidade de outros atletas?Acho sinceramente, que os clubes, não se sustentam, com as receitas que hoje conseguem realizar. E qualquer movimento para se alterar isso, o mercado grita com furor.Vide os casos de tentativa de aumento nos ingressos, que Palmeiras e Corintians tentaram.
    Se não fosse por isso, como ficam as analises sobre os clubes europeus, que têm fortissimas empresas e/ou investidores, nos seus negocios?
    Pode demorar um pouco mais, mas que a solução prá gente ter times fortes, competitivos, campeões, gerando receitas compatíveis, serão parcerias de empresas e/ou investidores com os clubes.Com uma ótima gestão de recursos e objetivos.

  16. Álvaro

    Edson Albino, vc pintou um perfeito retrato da realidade.
    Só que quando o assunto é futebol o ‘amor’ ao próprio time gera nas pessoas um faniquito tão grande que elas são incapazes de proferirem um ‘A’ de eologio a um rival.
    Eu, por exemplo, não sou idiota o suficiente de dizer que este time do Corinthians não é bom, porque de fato ele é (numa escala de 0 a 10 ele é 6). E digo isso sendo Palmeirense. Mas muitos, em sua maioria sãopaulinos, preferem o caminho do enobrecimento de uma pulga do seu clube e o desmerecimento de um título do rival.
    Mas, cada um enxerga suas verdades… e dá de cara com a realidade assim que a vida chama.

  17. geraldo lina

    no meu entender, parceria soh serve pra time pequeno e mal administrado. considerando que quem precisa de parceria, precisa na verdade de capital, o que os clubes tem que fazer e aprender a criar receitas. venda de camisas, direito de transmissao, placas, patronicinios em uniforme, negocio de jogadores, novos socios e etc.
    obvio que isso tudo e utopia quando nao se tem uma moeda forte como eh o nosso caso. nao da pra competir com euro e dolar ( ainda ).
    assim, nao acho que o caminho e ficar a merce da vontade de parceiros e empresarios seja o melhor.
    e tambem nao acho que a parmalat tenha sido um bom negocio pra mancha rosa, afinal disputaram 1 mundial e perderam e depois cairam pra SEGUNDA DIVISAO…
    abrasss

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: