Advertisements

Ferraris dominam o GP da Espanha

 

No sempre monótono GP da Espanha, as Ferraris dominaram mais uma vez.

Raikkonen venceu, de ponta a ponta.

Há que se destacar a grande largada de Felipe Massa, que saiu em terceiro, mas inteligentemente se posicionou atrás do carro de Raikkonen e, ajudado pelo vácuo do companheiro, conseguiu ultrapassar Alonso e conquistou a segunda colocação.

Em um circuito onde ninguém consegue ultrapassar essa manobra foi fundamental para a sua boa performance na corrida.

Massa e Raikkonen mantiveram a posição até o final.

O inglês Hamilton fez ótima prova e chegou em terceiro.

Foi ajudado pela quebra de motor de Alonso, que abandonou na 34 ª volta.

Os brasileiros Nelsinho Piquet e Rubens Barrichello decepcionaram.

Piquet passou reto na 4ª volta e caiu de 10ª para 18ª colocação.

Logo depois, na 10ª volta bateu de forma grosseira e abandonou.

Rubinho fez ainda pior.

Conseguiu bater durante o percurso efetuado com safety car.

De se lamentar a forte batida de Kovalainen, companheiro de Hamilton, na 22ª volta.

Seu pneu estourou, o carro saiu de controle e bateu fortemente em uma proteção de pneus.

Kovalainen permaneceu algum tempo embaixo da proteção e saiu de maca para o hospital.

Estamos no aguardo de mais informações sobre seu estado.

Raikkonen dispara na ponta do campeonato.

Hamilton começa a ser ameaçado por Massa.

As Ferraris estão sobrando na Formula 1.

Confira a classificação do GP da Espanha:

1. Kimi Raikkonen – Ferrari

2. Felipe Massa – Ferrari +3s2

3. Lewis Hamilton – McLaren +4s1

4. Robert Kubica – BMW Sauber +5s6

5. Mark Webber – Red Bull +35s9

6. Jenson Button – Honda +53s

7. Kazuki Nakajima – Williams +58s2

8. Jarno Trulli – Toyota +59s4

9. Nick Heidfeld – BMW Sauber +1min3s

10. Giancarlo Fisichella – Force India +1 volta

11. Timo Glock – Toyota +1 volta

12. David Coulthard – Red Bull +1 volta

13. Takuma Sato – Super Aguri +1 volta

14. Nico Rosberg – Williams – abandono

15. Fernando Alonso – Renault – abandono

16. Rubens Barrichello – Honda – abandono

17. Heikki Kovalainen – McLaren – abandono

18. Anthony Davidson – Super Aguri – abandono

19. Sebastien Bourdais – Toro Rosso – abandono

20. Nelsinho Piquet – Renault – abandono

21. Adrian Sutil – Force India – abandono

22. Sebastian Vettel – Toro Rosso – abandono

Facebook Comments
Advertisements

9 comentários sobre “Ferraris dominam o GP da Espanha

  1. Gustavo

    Fala Paulinho,

    Parabens pelo Blog e pela coragem em continuar escrevendo mesmo com muitas críticas.

    Só fazendo uma correção sobre o uso da palavra vácuo aqui embaixo. Segundo um professor meu de física do cursinho não existe isso na formula 1, como o ser da globo insiste em comentar. Aqui na terra só existe vácuo “embalado” em algum recipiente, agora da forma “solta” é impossível. O que resulta naquele avanço do carro é diminuição da resistencia do ar devido a velocidade dos carros.

    “Há que se destacar a grande largada de Felipe Massa, que saiu em terceiro, mas inteligentemente se posicionou atrás do carro de Raikkonen e, ajudado pelo vácuo do companheiro, conseguiu ultrapassar Alonso e se posicionou na segunda colocação.”

    Não me alonguei muito na explicação devido a não conhecimento TOTAL do assunto.

    Obrigado.

  2. roberto

    Olá Amigo paulinho, visito sempre seu site, mas este é primeiro post que deixo, infelizmente para te corrigir gramaticalmente. Não existe “maiores informções”. Assim, como não há uma informação pequena ou grande. A “informação” não pode ser quantificada e sim qualificada. Portanto, o correto é “mais informações” ou “outras informações”. Parabéns pelo blog. Abraços

    Paulinho: Muito obrigado. Abraço

  3. Rodrigo

    Bom, após assistir a corrida, ficam as seguintes impressões:

    1) o GP da Espanha é realmente chato. Aliás, ver qualquer coisa relacionada à cidade de Barcelona hoje em dia tem sido chato.

    2) Acho que para o ano de estréia, Nelsinho Piquet tem ido bem. Temo mostrado evolução, ainda que esteja cometendo erros básicos. Veremose até o final do ano ele estará pilotando com mais segurança.

    3) Até agora não entendi a batida do Rubinho, mas pela impressão que tive na transmissão, ele foi é atingido saindo dos boxes. Uma pena, porque ele é bom piloto (não um gênio, como Senna, mas um bom piloto) e é uma pessoa nota 10.

  4. leonardo mercuri

    È paulinho, cantei a bola ontem, no blog, que Alonso, só conseguiu um bom tempo (2º) lugar, porque saiu, quase vazio (leve), e com isso agradar a “Alonso Mania”, e seria o 1º a entrar nos boxes p/ reasbastecimento, e não deu outra.
    Se não tivesse feito isso, provavelmente, o Massa manteria a Pole, e saindo na frente, dificilmente o Kimi, o ultrapassaria.
    Mas, foi um bom 2º lugar. o restante dos brasileiros, I AM Sorry, dispenso comentarios!

  5. Thiago Cruz

    É… A coisa tá tensa…
    Daqui a pouco teremos que promover a campanha “Volta Schumi”

    Abraços,

    Thiago Cruz

  6. Leao

    Como dizia Nelson Piquet: Segundo é o primeiro perdedor. O Kimi Raikkonen faz juz ao posto de 1o. piloto da Ferrari. O Massinha é o Rubinho piorado. Bom piloto. Mas só isso. Nada de excepcional.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: