O agente de jogadores Augusto Melo, candidato a presidente do Corinthians, recebeu apoio de outros dissidentes do grupo ‘Renovação e Transparência’, que, como ele, além de operarem no mercado da bola, foram chutados do poder por Andres Sanches.

Entres os mais destacados estão Felipe Ezabella e Fernando Alba.

Recentemente, Ezabella passou por grande constrangimento em Parque São Jorge.

Acusado por Sanches de embolsar dinheiro em transação do meia Elias, processou o cartola e foi desmascarado, com documentos, na Justiça.

Alba e Augusto sempre intermediaram negócios menores; agora, ao que parece, almejam a ‘grande jogada’.

Trecho de comunicado do Movimento Corinthians Grande sobre o apoio ao candidato soa, nesse contexto, como ameaça:

“O candidato Augusto Melo se comprometeu com uma série de bandeiras levantadas pelo MCG”

Facebook Comments
Advertisements