Advertisements

Cercando o resultado

Da FOLHA

Por RUY CASTRO

Inspirado em Trump, Bolsonaro já se prepara para virar a mesa em 2022

Os EUA foram às urnas no dia 3 de novembro e a apuração, como nos lembramos, se arrastou tanto que foi motivo de piadas. A edição seguinte da revista The New Yorker, de 9 de novembro, não falava do resultado e, mesmo que o processo fosse mais rápido, não teria como. As semanais americanas são feitas com grande antecedência, e sua data de capa é muito adiantada em relação à da efetiva circulação. Significa que, quando aquela New Yorker estava sendo preparada, a dias da eleição, ninguém sabia ainda se daria Donald Trump ou Joe Biden.

Mas um dos principais artigos da edição, “Gaming the endgame”, por Jane Mayer, trazia uma antecipação do que aconteceria em caso de derrota de Trump. O título, significando aproximadamente “Cercando o resultado”, previa o que ele faria se perdesse –o que aconteceu. E, até agora, um mês depois das urnas, Mayer acertou tudo.

Trump jamais aceitará a derrota, ela escreveu. Não reconhecerá a vitória de Biden nem o cumprimentará. Contestará sem provas a validade da apuração nos estados em que perdeu. Falará de fraude nos votos pelo correio e porá suas milícias para acusar o sistema. E, se a derrota for definitiva, o passo seguinte será se anistiar pelos crimes que cometeu durante a gestão.

Trump, se quisesse, poderia anistiar a si próprio, mas isso seria impensável até para seu cinismo. Nada impede, no entanto, que, em seu último dia na Casa Branca, ele se licencie por uma hora. O vice Mike Pence assumirá e o anistiará. Trump, então, reassumirá com a ficha limpa e só então irá embora. É aguardar.

Incrível como cada passo ilegal de Trump pôde ser previsto por uma jornalista. No Brasil, Jair Bolsonaro já se prepara para uma eventualidade —vide sua campanha contra o voto eletrônico. A Justiça brasileira fica, assim, prevenida de que pode estar sendo cozinhado um crime, para se somar aos que Bolsonaro terá cometido até 2022.

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Cercando o resultado

  1. Renato oliveira

    Coisa feia para a idade de um homem da idade Trump. Bolsonaro está deixando o Brasil desgovernado. Não confundam a farda com coisa séria. São bonitos por fora, mas podres por dentro. Fora Trump psicopata e fora Bolsonaro assassino psicopata.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: