Advertisements

Palmeiras ameaçou empresário palestrino que pediu socorro ao clube após ser enganado por franqueadora

Em 2017, o palmeirense Diego Galli Alberto, após ingressar no rol de dezenas de vítimas da Meltex, franqueadora, ligada a Corinthians e Palmeiras, acusada de prejudicar seus parceiros para, na sequência, adquirir seus comércios a ‘preço de banana’, pediu socorro a dois mandatários alviverdes: Paulo Nobre e Maurício Galiotte.

Tratava-se do último ato de desespero de quem estava perdendo todo o patrimônio.

O email, tocante, deixa claro o amor pelo Verdão de Diego e como a Meltex aproveitava-se disso para enganar seus parceiros comerciais.

Obviamente, não se esperava que o Palmeiras ressarcisse o prejuízo do rapaz, mas que, no mínimo, o tratasse com respeito e, talvez, por generosidade, tentasse, de alguma maneira, interceder para ajudá-lo.

A resposta palestrina, porém, foi lamentável.

Além de pedir para ele se resolver com a Meltex, o clube ameaçou o empresário, torcedor do Palmeiras, com a possibilidade de ação civil e criminal.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Palmeiras ameaçou empresário palestrino que pediu socorro ao clube após ser enganado por franqueadora”

  1. Ridículo, entregam a marca do clube para qualquer um e depois lavam as mãos. E ainda tem torcedor que defende essa gestão imunda que se não fosse pela lavagem de $ da WTorre (na construção do estádio) e da Crefisa (no patrocinio ao clube) já tinha afundado o Palmeiras de vez.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: