Advertisements

Em breve Bolsonaro será um comunista na Austrália

Da FOLHA

Por RUY CASTRO

Os bolsonaristas começam a se tornar mais bolsonaristas do que Bolsonaro

Todo 31 de dezembro, às 13h do Brasil, ouve-se na TV: “Já é Ano Novo na Austrália!”. Com 11 horas a mais, o Ano Novo lá chega mais cedo. Num dia de abril último, de manhã, Sergio Moro deixou o governo de Jair Bolsonaro e, pela TV, acusou seu ex-patrão de tentar controlar a PF. Em poucas horas, passou de herói dos bolsonaristas a traidor e, à uma da tarde, a internet deu: “Moro já é comunista na Austrália!”.

Moro juntava-se ali aos comunistas a serem exterminados pelo governo Bolsonaro, os quais incluem intelectuais, artistas, professores, estudantes, globalistas, evolucionistas, ambientalistas, indígenas, LGBTistas, desarmamentistas, a Folha, a Globo, o Congresso, o STF, a ONU, a OMS, a China, os governadores, os prefeitos, os médicos, os infectados pela Covid e a própria Covid —enfim, todos que se opõem à promessa de Bolsonaro de acabar com a corrupção, a mamata, a velha política, o toma lá dá cá e o desvio de dinheiro público.

Afinal, não foi por esse programa que se uniram ativistas, milicianos, policiais, racistas, olavistas, financiadores ilegais, generais de pijama, duplas sertanejas, grileiros, laranjas, googlers, youtubers, whatsappers, facebookers, ku-klux-klaners, salles, damares e weintraubs, comandados pelos zero-zero-zeros? Até há pouco eles estavam coesos em torno do chefe. Mas, de dias para cá, Bolsonaro começou a desapontá-los.

Dá até para escutá-los. Ele tremeu diante do STF e quis entregar o Weintraub! Deixou Sara “Winter” ser presa! Vive negando que quer um golpe militar! Diz que acabou, que chega, que ponto final, mas não faz porra nenhuma! Ouviu do Olavo poucas e boas sem um pio! Dá cargos bilionários aos corruptos do centrão em troca de apoio! E agora começou a destratar o pessoal do cercadinho! É esse o homem que eles elegeram para aplicar o programa de Jair Bolsonaro?

Em breve na internet: “Bolsonaro já é comunista na Austrália!”.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Em breve Bolsonaro será um comunista na Austrália”

  1. Ós militares brasileiros, fracos para defender nossas fronteiras, mas fortes para violentar o próprio povo. São ridículos que acham que quem não é militar é comunista. Por causa disso o presidente nega o corona e milhares não param de morrer. A ditadura militar é uma catástrofe.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: