Advertisements

Corinthians e Ronaldo Fenômeno são intimados a prestar contas sobre contrato com a Hypermarcas

Ricardo Teixeira, Andres Sanches e Ronaldo “Fenômeno”

Em 2009, o Corinthians fechou acordo de patrocínio com a Hypermarcas, em valores que aproximavam-se de R$ 40 milhões (com premiações) anuais.

Destes, 80% (R$ 32 milhões) eram destinados a pagar o salário de Ronaldo Fenômeno, que, desde sempre, manteve estreita proximidade, inclusive comercial, com o presidente alvinegro, Andres Sanches.

Em 2018, clube e jogador foram condenados, em última instância, a pagar 10% do contrato ao intermediário Paulo Palomino, que apresentou o negócio, mas foi ‘chutado’ pelas partes.

Corinthians e Ronaldo, apesar disso, ainda não pagaram.

Palomino, antes da penhora de bens, em meio a execução, solicitou que sejam apresentados documentos que comprovem, exatamente, que valores os ‘parceiros’ receberam, esclarecendo, percentualmente, a obrigação de cada um.

Timão e Fenômeno já foram intimados.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: