Advertisements

Dono da Kalunga, incomodado com ‘ensaio’ de Andres, revela ‘nova’ candidatura à presidência do Corinthians

Fernando Garcia, Paulo Garcia e Andres Sanches

Ontem (29), logo após o presidente do Corinthians, Andres Sanches, lançar ‘balão de ensaio’, através de terceiros, ao ‘Globo Esporte’, indicando que poderia burlar entendimento do Estatuto alvinegro e concorrer à reeleição (proibida pelo documento), um de seus aliados decidiu cobrar as dívidas políticas que lhe são pendentes.

Paulo Garcia, dono da Kalunga, que bancou as campanhas eleitorais do ex-deputado e de seu braço direito, André Negão, além de possuir grande interesse no departamento de futebol, em que seu irmão, Fernando, faz parte do grupo de beneficiados, enviou carta aos associados do clube, em que, a pretexto de felicitar o Timão pelo aniversário de 109 anos, apresenta-se, pela enésima vez, como candidato à presidência.

Trata-se, na realidade, de colocar Sanches em xeque, por conta de promessa, nunca cumprida, de apoiá-lo nessa empreitada.

O máximo que Garcia conseguiu, por conta do relacionamento comercial evidente, foi receber parte do poder (cargos na diretoria), mas nunca a caneta decisora.

Se for levada a cabo – as negociações com Andres serão decisivas, a candidatura do dono da Kalunga se juntará, até o momento, à de Augusto Mello, oposicionista que, há alguns meses, tem se movimentado nos bastidores em campanha.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: