Advertisements

O pífio empate do Brasil contra a Venezuela

Sem objetividade, com futebol absolutamente previsível, a Seleção Brasileira conseguiu empatar com a Venezuela, em zero a zero, pela segunda rodada da Copa América.

Resultado impensável, anos atrás, ainda mais em território nacional.

Primeira e segunda etapa seguiam idênticas, com posse de bola brasileira e a zaga venezuelana levando vantagem, até que, após quase três quartos do jogo de teimosia, Tite resolveu colocar Cebolinha no gramado,

Antes disso, Gabriel Jesus teve gol duvidosamente anulado pelo VAR.

Com Cebolinha, o que era monótono tornou-se imprevisível, nos pés de quem ousa fazer mais do que o pedido pelo treinador.

Num desses lances, um pecado.

Aos 41 minutos, Cebolinha fez jogada espetacular pela esquerda e deu o gol para Philippe Coutinho, que marcou, mas a bola, antes de entrar, resvalou em Firmino, em posição de impedimento.

O torcedor baiano, que havia passado do silêncio para o êxtase, tornou a se frustrar, para, nos minutos finais desabafar contra mais uma pífia apresentação da Seleção Brasileira.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: