Advertisements
Anúncios

Quando os promotores investigarão os empréstimos milionários de agentes de jogadores a clubes de futebol ?

Andres Sanches, Guilherme Miranda e Fernando Garcia

Recente balanço da Ponte Preta revelou empréstimo de R$ 1 milhão do agente de jogadores, Fernando Garcia, ao clube.

Não é a única agremiação que socorreu-se de sua “generosidade”.

O Corinthians, há muitos anos, toma dinheiro não apenas dele, mas também dos outros intermediários prediletos da gestão: Carlos Leite e Giuliano Bertolucci/Kia Joorabchian.

Eduardo Uram fez muito disso no São Paulo e agora praticamente “arrendou” o futebol do Figueirense.

Em muitos casos, esse tipo de relação financeira costuma encobrir cessão de direitos econômicos de atletas, dados em garantia de pagamento.

Ou seja, em vez de vendê-los diretamente aos agentes, os clubes tramam essa farsa contábil, evidentemente com anuência de presidente e diretor financeiro.

Nada disso ocorreria se não houvesse, também, a omissão dos promotores, que, muitos deles militantes dos bastidores do esporte, fingem nada saber.

Até quando o Ministério Público, também cego, apesar de informado, a diversas outras atividades criminosas da cartolagem, seguirá cúmplice dessa gente ?

Talvez enquanto ingressos, camarotes em estádios, cargos políticos, jantares caros (alguns com estes citados empresários) e demais atrações continuarem a ser, altruistamente, fornecidas.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: